Por que você deve largar o Scrum?

Porque você deve largar o Scrum?

Se você não consegue colocar o Scrum pra rodar, os ritos, ter todos os papéis, artefatos… enfim, não consegue colocar fazer tudo que o Scrum “pede”. Nesse momento talvez seja hora de você largar o Scrum e partir para outro método.


Cenário em que nada funciona

As vezes você não consegue colocar o Scrum para rodar na sua totalidade. É normal isso acontecer, as vezes você não consegue realizar um planning porque você não tem o escopo para um Sprint fechado, as vezes você não consegue finalizar um sprint, porque seu Comercial vende mais rápido do que você desenvolve e assim as prioridades mudam o tempo todo.

Ou seja, você acaba colocando o Scrum “contra” o seu contexto e obviamente não terá sucesso nos resultados que você espera. Além, de gerar problemas na empresa e também desgaste nas pessoas do time.

Talvez seja hora de você largar o Scrum.

Large o Scrum!

Em cenários onde não conseguimos rodar o Scrum na sua plenitude, onde ele está trazendo mais problemas do que resultados, onde se passou a ser comum embate entre pessoas e departamentos. Se você está vivendo isso, acredito que seja a hora de você mudar e largar o Scrum.

Porque nesse caso o problema é o Scrum, isso mesmo, não é em todo contexto que ele vai rodar e trazer resultados.

Um ponto importante sobre o Scrum, é que temos que entender que, apesar de ser o método ágil mais utilizado no mundo, ele prescreve muito do que você tem fazer. Em outras palavras, ele te impõe papéis, ritos, artefatos, que claro, são para que ele funcione e dê resultados, mas talvez essa imposição é que pode estar atrapalhando o seu dia-a-dia.

Por isso que estou dizendo para você largar o Scrum e começar a pensar em algo menos prescritivo para o seu dia-a-dia, talvez um Kanban vai ter ajudar muito mais pela flexibilidade que ele traz, pela simplicidade e também pelo poder que ele tem de organizar um fluxo produtivo de maneira bem sólida e organizada.

Não sofra com os seu ritos que não são executados, não sofra com as prioridades mudando e seu sprint caindo toda hora. Troque o sofrimento pela adaptação a sua realidade e contexto.

Lembre-se, Responder a mudanças, mais que seguir um plano.

Um forte abraço!

Veja mais posts como esse em http://blog.robertobrasileiro.com.br