Poema razoavelmente erótico

Garantes-me de pé 
com as tuas curvas.

Dilúvios de sismos 
a tua boca propala.

Um abismo 
por instantes almofadado.