ODISSEIA PAULICEIA III

Do dia que o apaixonado ficou calado.

Quando se está apaixonado, nada dá errado. Você consente calado até quando pisam no teu calo. Você faz verso com expressão e com ditado (e tenho dito). Tudo vira modo de dizer que a gente diz sem querer e faz tudo parecer obra prima do destino. É leitura labial, literatura marginal, pra poder falar igual. Mas o ideal seria pensar igual. Aí seria legal! É legal estar apaixonado. Por fora é legal, é bacana, é suave. Por dentro é mortal, é mundana, é selvagem. Sempre na mira, à margem, onde tudo vira miragem. Sem maldade e novidade…cê sabe! Cada momento com ela, é eterno. Cada momento sem ele, inferno. Inferioridade latente, pensamento dormente, dorme a mente, dói na gente quando percebe que você sabe estar equivocado. Estar apaixonado é estar um passo à frente de estar errado.

Por: Roberto Néri

A single golf clap? Or a long standing ovation?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.