Você Pode Estar Olhando No Lugar Errado.

Esse foi o 39º e-mail de uma série de 100 e-mails que estou escrevendo em 100 dias. Foi enviado para minha lista no dia 3/5/17. Para baixar o e-book com 25 inspirações diárias, clique aqui: http://www.robintaffin.com.br/dailymail/

Como disse no e-mail de ontem, passei o feriado no interior. Acabei fazendo coisas que não costumo fazer, uma delas foi assistir o “Cidade Alerta”. Um dos casos reportados foi de um homem que matou o amante da mulher e, mesmo de algemas, ameaçava a mulher dizendo que iria atras dela assim que fosse solto. Mesmo se isso levasse 10 anos.

Discutindo isso com a Bruna, eu dizia como isso parecia um exemplo claro de alguém que estava querendo resolver uma coisa da maneira errada sem nem perceber. É como se ele estivesse usando um martelo para parafusar um parafuso.

A grande confusão que vejo que ele estava passando é a não compreensão de onde o sentimento dele estava vindo.

Como gosto de analogias, vou simplificar um pouco para uma situação comum que muitos já devem ter passado: mastigação. Sabe quando você está comendo com alguém e o barulho que ela faz para comer parece te irritar profundamente? De onde você acha que vem essa irritação? Muitos vão dizer que é do barulho que a pessoa está fazendo para comer. Parece meio óbvio. Mas se esse realmente fosse o caso a gente não se irritaria 100% das vezes que alguém faz barulho para comer? Muitas vezes a gente está com a mesma pessoa, na mesma situação, ela faz exatamente o mesmo barulho mas a gente não se irrita. Então a irritação não pode estar vindo dali.

O que de fato acontece, ao meu ver, é que a gente já está previamente irritado e aí começa a buscar fora de nós mesmos motivos para justificar a nossa irritação. As consequências disso são que mesmo quando a gente pede para a pessoa parar de fazer barulho, a gente continua irritado e começa a procurar alguma coisa nova para resolver.

Então se voltarmos ao caso do Cidade Alerta, o homem começou a culpar o amante da mulher pelos sentimentos de raiva que estava tendo e pensou que se ele eliminasse o homem, eliminaria o sentimento. Mas isso claramente não aconteceu.

Quais sentimentos você tem buscado uma solução fora de si mesmo ultimamente? Talvez esteja olhando no lugar errado…

Baixe o ebook com os primeiros 25 e-mails dessa série aqui: http://www.robintaffin.com.br/dailymail/

Abração!

Robin.

Se houver alguns erros no meu e-mail, não se sinta ofendido. Veja o erro como meu presente para você 😉

e-mail: 39/100

Like what you read? Give Robin Taffin a round of applause.

From a quick cheer to a standing ovation, clap to show how much you enjoyed this story.