Obrigada, Rodrigo! É o preço que pagamos nós, os seres intensos e líricos.
Fernanda La Ruina
11

Eu vivi um bom tempo perdido nessa questão da dor na arte, e sobre como ela é combustível de muitos dos nossos melhores trabalhos… Acredito que esse sacrifício e preço é também uma recompensa e ganho, sabe? Não consigo pensar em outras atividades e categorias que permitam tornar com tanta facilidade a dor em beleza, como você por exemplo fez neste texto…

Like what you read? Give Rodrigo Goldacker a round of applause.

From a quick cheer to a standing ovation, clap to show how much you enjoyed this story.