O que ouvi no último ano

Há alguns anos utilizo o Last.fm para rastrear o que escuto. O Last.fm foi fundado em 2002. Um site com a função de rádio online e rede social com foco em música. Ao passar dos anos fundiu-se com o audioscrobbler e incorporou a função que eu mais gosto: O SCROBLE!

Scroble é uma palavra em inglês que surgiu na Internet e significa usar o Last.fm para manter um registro das músicas escutadas, de forma constante e em tempo real.

Configurar a integração entre Last.fm e um player específico não é tarefa difícil. No Spotify player que uso basta acessar preferências e colocar usuário e senha do Last.fm que tudo sincroniza perfeitamente.

Last.fm e Spotify

Até então não tinha conseguido manter uma regularidade fazendo scroble de tudo que ouvia. No último ano consegui. Boa parte do sucesso foi por ter abandonado completamente minha biblioteca de músicas local e ter seguido usando apenas o Spotify. Um ou outro conteúdo, acaba sendo ouvindo no youtube (extensão). O que mostrarei neste artigo é a definição da loucura que é o meu gosto musical.

Métricas

O Last.fm gera diversos tipos de métricas dentre elas estão a lista de mais ouvidos na página inicial do usuário.

As principais faixas dos últimos 365 dias:

Música pra mim tem a ver com estado de espírito. Se estou na levada romântica vou de sertanejo se quero contemplação vou de Marcelo Camelo. Se estou pra baixo e quero me motivar escuto um Rap. Se estou na fossa e quero afundar prefiro ouvir Fresno. Peço dicas musicais para amigos, principalmente para o Fagner, que no final do ano passado me apresentou o Tame Impala, ouvi o disco por 1 mês…

Se tem churrasco escuto Samba e por ai vai. As vezes fico semanas escutando as mesmas playlists, pode ser que por isso alguns álbuns não apareçam nos mais tocados e algumas músicas do mesmo artista venham em sequencia. No entanto, todas elas, fizeram diferença no meu dia a dia, nas minhas viagens, nas festas e nos churrascos.

Foi um ano que ouvi bastante coisa e principalmente bastante Rap. Minha vida mudou muito e tenho certeza que isso teve um grande impacto na salada de frutas que tenho registrado por lá.

Analisando as músicas que escuto faço um exercício de auto conhecimento. Recupero boas e más memórias e principalmente tento buscar a combinação perfeita para o momento atual.

Sou Programador, mais especificamente desenvolvedor Frontend. Boa parte do dia passo com fones de ouvido em busca de soluções para problemas ligeiramente complexos. Estou sempre tentando me motivar no trabalho para isso preciso de constantes ciclos de concentração. Me concentrar, muitas vezes, consiste em encontrar a música ideal para a tarefa que estou desenvolvendo.

Músicas Destaque:

1. Ponta de Lança — Rincon Sapiência

2. Acendam as Luzes

3. Yes I'm Changing — Tame Impala

4. Farol — Fresno

Poderia colocar uma lista bem maior com inúmeras outras músicas. Mas o que mais faz sentido pra mim de forma sucinta são essas. Algumas são antigas outras atuais. E o que elas tem em comum? O fato de estarem em sincronia com meu estado de espírito por isso me representam. Sei que Fresno e Rincon pouco tem a ver e para muitos não vazem sentido juntos… mas e dai?

Para me abastecer de conteúdo variado procuro seguir algumas playlists aleatórias como:

Músicas que não tocam na C&A

Muito rock que por algum motivo não tinha aproveitado ainda, sem falar no nome da playlist que é fenomenal.

Maestro Billy — Agosto 2017

Essa é uma playlist que muda mês a mês e é alimentada pelo Maestro Billy. Nela estão os principais hits do mês e o nome da playlist é alterado de acordo com o período e ano vigente.

Outras

Gostaria de compartilhar também algumas musicas que ouvi no YouTube.

Elevação Mental — Triz

R.U.A 2 (Poetas da Babilônia)Rincon/Nocivo Shomon/Fábio Brazza/ADL/Leal/Allex F. Prod. (Mortão VMG)

Me siga: SpotifyLast.fm!