Ajuda para financiar o projeto empreendedor: Rogério H.P Pontenegro Literário e Criativo

O site conta com um financiamento coletivo recorrente, conheça mais esse negócio que tenta viabilzar em jeito de trabalhar com literatura, criatividade e entretenimento.

Estou compartilhando o meu projeto para escritores e demais agentes que tiverem interesse:

A minha ideia é um negócio criativo onde eu possar ler e escrever. A leitura é de escrito meus, mas pode ser de escritores parceiros que quiserem fizer parte, e coloquei um propósito bem claro: de entregar leitura por meio de eventos criativos e de entretenimento.

(Eu sou daqueles contrários a dar livros de graça, sei perfeitamente que é um produto, só que tem autores que acho que vão torcer o nariz do tipo: o cara ta criando um negócio assim??.)

Eu fiz um aplicativo de leitura no fabrica de textos para justamente entregar tudo que eu escrevo, até coloquei um espaço de venda de livros e ebooks de quatro escritores parceiros.Tem um deles aqui no grupo.

O aplicativo e o evento que será realizado em outubro (uma semana depois do evento Livros em Pauta em que terá os lançamentos das antologias da Andross, na quais eu estarei em uma delas esse ano) estão sendo levantados via financiamento coletivo recorrente e o valor máximo que eu preciso é de R$ 15.000,00.

Com um valor R$ 75,00 na compra de um ingresso na plataforma que eu criei para captação recorrente, as pessoas vão receber um livro de antologia da minha participação da Andross como recompensa (em pelo menos uma delas), e ainda vão curtir um piquenique com comida e bebida a vontade, musica ao vivo, poderão trocar livros, participar de sorteio de mais livros (de 5 autores presentes que inclusive darão autógrafos).

Fora que estou tentando vendo um aplicativo que eu fiz para somar ao valor para qualquer tipo de imprevisto (Precaução).

Procuro ajuda para viabilizar e trabalhar nesse projeto empreendedor, se tem uma coisa que eu vejo nesse país é uma desunião tão grande e briga demais de escritores com editores, escritores com blogueiros ou capistas com editoras e por ai vai.

Se tem uma coisa que eu percebo, é como pode ser interessante em arriscar algo com tão pouca grana e hoje tá pedindo aqui ajuda para quem quiser comprar um ingresso de contribuição e comparecer a esse evento.

Será que realmente não dá pra valorizar um empreendimento desse onde vou gastar da minha energia e esforço?

Fora que eu tenho um braço desse projeto numa iniciativa onde eu vou ler para alunos em escolas públicas e particulares. Vou incentivar o empreendedorismo criativo de artistas independentes, e fazer um bem doando parte do financiamento para projetos sociais e iniciativas livres no Benfeitoria (Um site de financiamento coletivo para projetos sociais). Fora que as pessoas poderão ver toda transparência do projeto na plataforma de financiamento coletivo recorrente.

(Para o próximo ano estou planejando uma possibilidade de compra de tiragens junto a escritores e pagamento de parte do financiamento coletivo recorrente para escritores.)

Se alguém tiver interesse, eu estou vendendo um aplicativo online mesmo pelo valor de R$15,00 para ajudar nos meus projetos empreendedores.

Como diz aquela frase: Não tô matando, não tô roubando e não tô estuprado. Só preciso de uma oportunidade pra trabalhar com isso.

Quem quiser saber mais e conversar comigo é só chegar, me adicionar. Estou aberto a livre parceira e negociação para incrementar possibilidades.

Site: http://rogeriohppontenegro.wixsite.com/empreende-criativo

Plataforma de financiamento coletivo recorrente: https://rogeriohppontenegro.wixsite.com/financoletivo

Rogério H. Pereira