Puxa… precisei de fôlego para ler tudo e não cometer nenhuma injustiça ao comentar.
Rogério Mendonça
8411

Depois do comentário de vocês, fiz mais uma pesquisa sobre ela.

Vocês têm certa razão.

Eu entendo o que vocês falam e a forma como raciocinam. Na verdade acredito que até penso como vocês.

Eu acho que o que nos difere é apenas a interpretação.
Vocês falam em "estelionato" e "crime" 
Eu, na verdade, acho que ela acreditou na própria mentira. Uma "moleca" que ganhou repercussão e acreditou que era a tal.

Estelionato? Crime? Acho que isso é muito forte para dizer. Se ela é despreparada e está lá falando "clichezisse" é a cara dela que está lá para tapa.

Ela é ainda muito jovem, vai ver que pra chegar longe precisa ser muito mais do que ela é, ou do que ela acha que é. Não enxergo maldade, apenas despreparo e ilusão.

Nesse cenário, retiro o que eu disse sobre um post somente para desconstrução de biografia, entendo que foi mais para dar um "choque de realidade" e coloca-la em sem lugar. E até mesmo para alertar desavisados que pagariam um bom dinheiro para assistir uma palestra dela.

Embora mesmo assim acho que foram usadas palavras e expressões descabidas. A postagem passa um tom de raiva e deboche do autor que, para a finalidade da postagem, acredito ser desnecessária.

One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.