Expectativas

Creio que todos sonham em ser bem sucedidos na vida. Seja tendo uma família “perfeita”, com uma conta bancária gorda ou simplesmente ter sucesso na felicidade. É o que almejamos: ser feliz.

Confesso que desde pequeno sonho em ser rico, realmente rico. Não ter preocupação em gastar um centavo sequer. Não pense você, leitor, que sou de todo ganancioso. Parte dessa riqueza eu não usaria só para mim, eu realmente tentaria fazer a diferença, ajudar o mundo. E não falo isso para me acharem o mocinho da história, o que digo aqui são apenas verdades. Mas não é este assunto que quero abordar.

Expectativa. Uma palavra que significa muito. Capaz de controlar sua vida. Tem o poder de deixá-lo completo ou miseravelmente frustrado. Já passou por situações que você, amigo, manteve sua expectativa mais alta que minha tão sonhada conta bancária? Creio que sim. Acredito também que o que esperava dessa situação não saiu exatamente como queria, se sim, fico feliz por você. O que quero dizer é que quanto mais alta e específica é nossa aspiração, mais difíceis são das mesmas se realizarem. Não estou dizendo para desistir de seus sonhos, pelo contrário, se você quer, você consegue. Digo apenas que não se apegue tanto a um resultado que almeja, isso pode te ferir.

Sim, eu ainda sonho em ser rico, mas parando hoje para refletir sobre minha vida, reparei que não preciso necessariamente ser extremamente rico para ser feliz. Eu abaixei minhas expectativas porém não excluí meus objetivos. 
Procurar a vida perfeita é um erro. Nada é perfeito. É importante procurar o que é bom e satisfatório, o que é necessário, o que te preenche.
Acontece que hoje, vivo um dia de cada vez, sem deixar meu futuro solto, voando com o vento. Precisamos sempre ter um norte.

Parei para pensar nos sonhos que consegui realizar, como morar na cidade que hoje me encontro. Isso me fez pensar nas conquistas que já alcancei e quase ia me esquecendo por olhar demais para um amanhã que ainda vai chegar, sem me dar conta que esse amanhã está sendo construído no presente, hoje.

Parou para pensar que, quando cruzar a linha de chegada, terá finalizado sua busca e trabalho duro? Então, um conselho: não pense apenas nessa linha de chegada, desfrute cada passo da caminhada até o final, isso é o que dá sentido ao seu objetivo. Viva o seu agora. Não se perca no mar de expectativas do seu provável futuro. A vida vale a pena ser vivida.

Show your support

Clapping shows how much you appreciated Rogério Chein’s story.