Só Deus pode dar um jeito no Brasil?

E então Deus resolveu dar um jeito no Brasil.
Colocou todos os brasileiros de uma vez no estádio Mané Garrincha, em Brasília. 
Todos os mais de 200 milhões de brasileiros.
Não pergunte como ele fez isso, não tem explicação mesmo.
Da mesma forma que não tem explicação um estádio em Brasília, cidade que nem time de futebol tem, ter um estádio que custou 1 Bilhão e Setecentos Milhões, fora os por fora.
Bom, mas isso é outra história.

Deus colocou todo mundo lá: ricos, pobres, remediados, brancos, pardos, negros, índios, orientais, ruivos, ruivos com sardas, ruivos com sardas que fazem propaganda, tudo que você possa imaginar.

Com sua voz de trovão, anunciou:

– Eu não aguento mais. Vou resolver o Brasil de uma vez por todas. A partir de amanhã, quando vocês acordarem, o Brasil será os Estados Unidos. 
Vosso presidente será o Barack Obama, todos falarão inglês, o que já economiza uma grana preta em escola de inglês e, por falar em grana preta, a de vocês será verde, será tudo dólar.

A galera explodiu de alegria, especialmente a turminha de camiseta Abercrombie e calça Diesel. Uma alegria só, todos se abraçavam emocionados, lágrimas nos olhos (todos, modo de dizer: os mais humildes ficaram olhando desconfiados).

O Todo Poderoso, continuou:

– E não é só isso: vossas estradas serão bem sinalizadas e sem buracos, as cidades serão seguras, todos terão acesso a uma educação decente e podereis comprar iPhones 6S a um terço do preço atual.

Ninguém acreditava no que estava vendo. A alegria era total. Finalmente o brasileiro iria morar na América do Norte, sem ter que pedir visto. Era bom demais para ser verdade.

Ele fez uma pausa, respirou fundo e continuou:

– Mas… algumas coisas terão de mudar…

Silêncio. 
O estádio ficou um silêncio só.

– Não tereis mais 13º salário e multa de 40% sobre o FGTS quando for demitido.

E mais!

– A partir de amanhã, não podereis mais parar na Zona Azul e mentir no tempo… marcar como se tivesse chegado 10 minutos depois e contar que o guardinha não vai multar mesmo se você tirar o carro 5 minutos atrasado…
– Bebida e direção darão cadeia, mesmo para os ricos e famosos… sem essa bobagem de réu primário, bons antecedentes e 1/6 da pena para quem tiver bom comportamento.
– Carteirinha de estudante falsificada para pagar meia? Esquece.
– Chegar meia hora atrasado nos compromissos e fazer cara de paisagem, como se nada tivesse acontecido? Já era. 
– Cumprimentar com beijo, guardar lugar na fila, emenda de feriado, pedir para o médico fazer vários recibos para ter reembolso do plano de saúde, classe média ter empregada doméstica, igreja não pagar imposto, qualquer um poder criar um partido… esqueçam tudo isso!

– E, por fim… sabe aquela fatia de presunto que o sujeito da padaria te oferece para experimentar de graça? Não rolará mais.
Deixei essa por último porque achei que era a mais difícil de digerir, desculpem o trocadilho.

Silêncio total.
Alguns suspiros.

E Deus terminou seu discurso:

– E então? Deal?

One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.