BEGIN AGAIN:

Nunca tirei meus fones pra conversar com alguém, mas ontem eu tirei, até pra me embalar no teu papo frouxo, eu ria. Eu nunca segui tanto numa conversa, sem medo de escurecer o dia. Nunca recitei um poema, vendo os carros, passando na rua. Eu contei dos medos que nem sabia esconder. Eu nunca havia cruzado um olhar, eu só via eles passarem. E eu que sempre olhei o amor indo embora, ontem, eu o vi recomeçar.