Não merecemos um amor meia-boca, um amor que faltem verbos nas frases ou que o convite inesperado venha de uma resposta, "estou cansado". Não merecemos um amor cotidiano, nem que venha falando sobre rotinas de trabalho. Não merecemos um amor que não chore junto, e também nenhum que não possa-se rir da mesma piada. Não, não te subtmetas a um amor com frases do corretor automático, o amor mesmo vem todo errado, é errado querer tudo pronto, tudo certo. Não queira um amor que vem se dizendo ser para sempre, bem se sabe quanto se dura uma eternidade, ou se resiste a essa vida. Não queira um amor que pegue fogo, mas um que resida também nas chuvas, para que descubras quando vem o sol. E também não se jogue em um amor do signo touro, o pior de todos eles, eu bem sei.

(CARTAS QUE EU NÃO ENVIEI A VOCÊ)