Se tu estás entediado na Missa, vai mais frequentemente para descobrir a causa de Nossa Maior Alegria

- Benedict Hince

Este pequeno vídeo feito por Mark Hart, “Entediado na Missa? — Bored at Mass?”, provavelmente falará com todos e cada um de nós, uma vez que trata de um assunto que muitas pessoas enfrentam — não só no passado, mas ainda no presente e potencialmente no futuro. Mas, por quê?

Por que nós podemos, algumas vezes, experimentar esse tédio na Missa? Como Mark Hart pergunta no vídeo, ‘o plano de Deus é nos entediar até a morte?’

Este vídeo apresenta uma ótima maneira para nos fazer refletir sobre os motivos que nos fazem cair em tédio e como podemos começar a superá-lo.

Dando um “olá” para o tédio: Aqui estão 3 razões simples pelas quais experimentamos tédio em qualquer coisa.

Motivo 1: Não estamos interessados.

Se não estamos interessados em fazer o que estamos fazendo, e se não temos desejo algum de estar ali, então rapidamente damos “olá” para o tédio.

Motivo 2: Está se tornando um hábito.

Se estamos fazendo algo tantas vezes sem realmente nos envolvermos — só fazendo por força do hábito — então… “olá”, tédio.

Motivo 3: Não sabemos o que está acontecendo!

Vivo com três cientistas da computação; quando começam a falar sobre coisas de computador, eu não entendo nada do que estão falando. E, como em qualquer ocasião em que não entendemos nada, facilmente damos “olá” para o tédio.

Quando se trata de ir a Missa, precisamos urgentemente identificar o motivo pelo qual estamos lutando com o tédio, para então tomarmos a atitude correta para tal.

Solução para o motivo 1: (Não estamos interessados) então… REZA… e vai a Missa!

Se não temos o desejo de ir a Missa — se temos aquele sentimento de ‘eu não quero ser incomodado a ir’ — então REZA. Se tu sabe o que a Missa é e ainda sentes secura em relação a ela (que pode ocorrer por uma variedade de motivos — igrejas feias, homilias frustrantes, um longo dia de trabalho) então Reza. Pede ao Senhor que te ajude a ver por trás destas coisas. Vê-Lo. Para encontrar aquele convite que Mark Hart fala no vídeo. Aquele convite para um relacionamento mais profundo com Deus, para mergulhar profundamente na Vida da Santíssima Trindade, e amadurecer espiritualmente.

Solução para o motivo 2: (Está se tornando um hábito) então… Vai MAIS a Missa!!

Se a Missa se tornou um hábito, ainda que pareça contraditório, vá MAIS! Não deixa que a Missa seja um simples hábito de rotina uma vez por semana. Ao invés, tente ir durante a semana também, de qualquer modo, quando fores — vai decididamente, e vai com intenção. Foca nas palavras e nas ações do sacerdote. Mark Hart fala-nos no vídeo do propósito da Missa. Descobre-o. Não sê apenas outro corpo no prédio, mas sê presente ao Corpo. Sê a Igreja, e sê unido a Cristo e transformado por Ele na Eucaristia.

Solução para o motivo 3: (Não sabemos o que está acontecendo) então… APRENDE sobre a Missa. (E vai a Missa!)

Se não sabemos o que está acontecendo na Missa, então reserva tempo para APRENDER sobre a Missa. Este é o grande ponto que Mark Hark nos apresenta no vídeo. Quando aprendemos sobre a Missa, e quando descobrimos que Deus nos chamou para adorar — criou-nos para adorar! — então descobriremos que nossas vidas, nós mesmos, só fazemos sentido em relação a Missa.

Santo Tomás de Aquino disse que “A celebração da Santa Missa tem o mesmo valor que a morte de Jesus na Cruz’, isso porque a Santa Missa é este Sacrifício. A presença de Cristo na Santa Missa é o sacrifício. E São João Vianney disse que ‘se entendêssemos a Missa, morreríamos de alegria’ — não de tédio…

A Missa devidamente entendida só trará alegria, profunda, vivificante alegria — o reconhecimento da grande aventura da fé e da vida. Tu não encontrarás tédio no entendimento da Missa. Tu encontrarás inclusão no maior evento da história da salvação, então vá em frente!

Fonte: Catholic Link