Sobre o famigerado “pobre de direita”

O voto é o maior poder. Vai engolir bosta mais 4 anos, Rio. O voto era o único jeito de nos livrarmos do atraso que foi Eduardo Paes.

Podia ter sido Marcelo Freixo! Ou a grande Jandira Feghali. Jamais Crivela! Quando até a Veja vai contra a direita, é que o cara é o DEMO!

Eu queria muito que o Freixo tivesse articulado FORTE com as favelas. Passar no Cinco Bocas (área de lanches em Olaria ♥) 2, 3 vezes, sem equipe de filmagem, só com segurança, para conversar com o povo. Para mostrar que ele tava junto. Ir lá na Praça das Nações — igual todos fazem -, mas também subir o Alemão. Não ia acontecer nada. Conversa com associação e vai. Vai na moral, sem câmera. Ninguém vai tocar em você. Ninguém quer esse B.O.

Eu não me conformo, fico doido, mas eu entendo o voto pro Crivella. Especialmente na Zona Norte. Eu vivi 22 anos no Alemão. Eu sei o que é ter essa percepção de que “esses bagulho aí tipo PSOL é tudo playboy da zona sul que abraça a Lagoa e não come carne, amam cachorros mas não tão nem aí para a gente aqui.”

Eu sei porque ela não é difícil de atingir. Eu sei porque eu VIVI essa percepção. Há uns 6 anos, eu tinha raiva dessas matéria de TV em favela. Eu tinha amigo do peito que era bandido — até primo e tio (hoje trabalhando honestamente ex-traficante e eu amava todas essas pessoas e sempre que havia algum revés, seja morte ou prisão, sempre havia um buraco no coração). Mas também passava por situações como ter minha casa invadida para um bandido que nunca na vida vi se esconder. E esse eu queria arrebentar de porrada.

“A elite não gosta do pancadão, quer proibir.”

E muita gente na quebrada também não! Eu gostava mas MUITA GENTE NÃO! Então quando chegam esses artistas pagando de quebrada, o sentimento de “não fode, você não sabe o que é lá” é grande.

Por isso, a gente vê tiazinha de quebrada aqui em SP que é a favor da redução da maioridade penal, mas daqui a 2 semanas tá chorando porque o filho morreu pra PM. ISSO NÃO É HIPOCRISIA. Isso é confusão, má informação da mídia, MUITO DATENA e muita gente de má fé, filhos da puta mal intencionados e ultra conservadores compartilhando mentira no Facebook. “A gente não sabe o que é comunismo! E é isso que tá deixando a gente pobre?Então não quero saber de Freixo! Ele finge que gosta de pobre.” Isso não reflete meu comportamento mas de VÁRIOS AMIGOS MEUS DE QUEBRADA. Tenho amigos que tenho contato maior e consegui enfiar um pouco sobre ideias progressistas e modernas — na minha humilde opinião. Mas não dá para ajudar todo mundo.

Gente, (a grosso modo) não existe pobre de direita. Eu só ouço gente dizendo que odeia pobre de direita. Vocês nem conhecem o dia a dia dessas pessoas pobres para falar delas. Não são pobres de direita. São pobres DE VERDADE. As coisas não “tão caras” para eles. As coisas tão FORA DA REALIDADE. Sem grana, já cortaram a luz da minha casa quando eu era adolescente. Entende? Não é a NET. Não é tá duro no fim do mês para poder sair. É não ter dinheiro para energia elétrica. Então quem fala “odeio pobre de direta” tem que parar para entender QUEM É ESSE POBRE. E ele não é de direita. Da mesma forma que a tiazinha divide a comida com a vizinha e nem sabe que isso é socialismo na prática, sem foice e martelo.

Existe pobre preocupado e enganado. Que não recebe a mensagem de que o Freixo seria um melhor candidato para eles.

O estado criou presidiários, criou viciados, criou pobres desesperançosos. A Universal se aproveitou disso e prometeu uma vida boa. O estado criou pobres e viciados com a ajuda da mídia. mídia que agora quis ir contra o Crivela. Mas você não pode manipular tudo o tempo todo para todos os lados ao seu prazer.

E ah… hoje tenho vários amigos de Perdizes e Humaitá. Eles são maneiros também!