Flor Mensageira

Essa imagem pode ter autor

Desentendimento nas aldeias. Nas ruas escuras, o sofrimento… Nas escolas o conhecimento… A comunicação entre as tribos chega de trêm, avião, jornal, revista, rádio, fax, carta, televisão e telefone via satélite aliado a rede mundial de computadores, a internet, a chamada sociedade informacional.

Do Brasil ao centro de Pequim… Ou seria Beijing? Sem céu nem pôr-de-sol. Calor infernal. Em meio às cinzas das cinzas. Do ninho do pássaro. Aplausos! Suspiros!! Gritos! Salvem isso, salvem aquilo! Ongs disso! O nosso site é esse, em mega-bytes. Internet, Blogs, Facebook, Baboo… Afinidades, racismo, sexo explícito. Mentiras sinceras. Brinquedo digital. Era informacional. Distrai. Isola? Aproxima? Atraí? Vício? Em massa. Tri massa! Massificação? Alienação? O que é que tem? O que é que há? É tecnologia, “viajar”, “navegar”… Tribos Virtuais. Necessidades emocionais-políticas-econômicas-sociais? Paradoxais. Cibercultura. Descendentes… Terceira Onda. Aquecimento global. Fome em tantos lugares do mundo: Nepal, África, Timor Leste, Haiti, Brasil… Crianças, pobres e famintas do mundo levantai-vos contra essa sociedade dos poucos. O Planeta Terra é de todos os seres vivos, inclusive e principalmente as crianças pobres, famintas… Sabiam?
E comida indo fora, toneladas que caem a todo instante nos rios do mundo. Peixes agonizando no Vale do Sinos. Salvemos nossas crianças e nossos rios!
Peixes e crianças agonizam a céu aberto. Sociedade da Banalização. Os sem-tetos, a geração dos sem pão, feijão, leite, carne, legumes, verduras, água, frutas, escola, saúde, dignidade, paz. Os que comem se escondem e tem medo dos que não comem. Sem parentes, “indigentes”, sem dentes.
Sociedade dos “singles”.
 Por favor, alguma luz que ilumine o ninho, a Terra e o bicho homem. Essa luz que nos inspira promovendo à recriação animal, vegetal e cultural. Luz essa que vem da música, da chuva, da poesia, da arte, dos rituais de passagem, das culturas e que aqui se abraçam em essência humana nesse maravilhoso Planeta Terra!!! Em rede universal…

Autora: Rosângela Beatriz Pereira Dias

Postado há 22nd March 2010 por Rose Bia Dias

Show your support

Clapping shows how much you appreciated Rose Beatriz Dias’s story.