Meus 8 meses em Londres.

Hoje faz 8 meses que eu vivo em Londres.
Depois de quase 2 anos fora do Brasil descobri que "Os lugares por onde passamos nos pedem para ficar e nos avisam quando devemos partir.".
Londres, me pediu para ficar, mostrando o seu charme e o seu poder de sedução desde que cheguei.

Morei por 6 meses em Wembley (northwest)
Eu gostava muito de lá, mas devo dizer que a longa distância do centro (zona 4), me incomodava um pouco. Pelo transporte ser muito caro, tornava inviável pegar pequenos trabalhos "part time" (trabalhos de 3 ou 4 horas), que geralmente eram no centro. Até para "turistar" ou cruzar uns amigos dava preguiça, pois seriam 2 horas gastas com transporte. No inverno, época em que eu morei em Wembley, os dias eram muito curtos e perder 2 horas com transporte, das quase 8 horas de sol disponíveis, era uma bobagem.
Para terem noção, o dia mais curto de 2016 foi 21 de dezembro, quando o sol nasceu às 08:03 e se pôs às 15:53, totalizando 07 horas e 49 minutos de sol.

Hoje vivo em Bermondsey (southeast)
Moro muito perto do centro de Londres (zona 2), mais precisamente uma estação depois da London Bridge (Jubilee line). Divido uma casa grande com alguns italianos e uma francesa. Me sinto um privilegiado por ter uma sacada e um quarto que pega sol o dia todo. Vamos ver se eu continuarei feliz no dia mais quente do verão londrino.
Eu nunca pensei que daria tanto valor ao sol como eu dou hoje. 
Já peguei alguns dias bem quentes morando em Bermondsey, mas o lado bom é que quando o sol começa a se pôr, o clima volta a ficar ameno, com aquele ventinho gelado, que aprendemos a gostar. Vale dizer que eu estou me referindo ao meu quarto, porque o resto da casa, que não bate sol, é sempre fresco.
Londres, é uma cidade conhecida por ventar bastante. 
Dizem que em agosto, o clima é realmente muito quente, abafado e não venta, sendo muito desagradável para dormir… já que as casas normalmente não tem ar condicionado. A temperatura pode chegar aos 34º.
Em 2016, o dia mais longo do ano foi 21 de junho, quando o sol nasceu às 04:43 e se pôs às 21:21, totalizando 16 horas e 38 minutos de sol.

Em resumo, me sinto muito feliz e adequado a vida que eu levo hoje. 
Se eu puder resumir, em 2 palavras os sentimentos que eu tenho tido ao longo destes 8 meses… são Curiosidade e Surpresa. Quanto mais eu a conheço, mais a quero conhecer. Londres e sua história, me surpreendem a cada nova descoberta.
Sou muito grato ao universo por tanta generosidade.
Muito obrigado.

Pôr do Sol em Bermondsey, Maio de 2017.
One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.