Será que dá pra ser feliz aqui e agora?

Oi amores! Como estão? Aqui tudo lindo!

Semana passada acabei participando de uma conversa entre amigos, onde estes comentavam o quanto viajar é incrível, e que parece que vivem em estado de “felicidade plena” pois algo legal pode acontecer em qualquer lugar ou rua que estiverem passando. (Concordo, muito!)

Eles não falaram que esse estado maravilhoso de descoberta não existe quando retornam de viagem, isso eu pensei aqui sozinha… E sei lá, veio à minha mente a famosa expressão que as pessoas usam se referir à algo legal: “Faça tal coisa para fugir da rotina”.

Mas será que é preciso ir tão longe pra gente ser feliz no dia-a-dia? Será que dá pra ser Feliz aqui e agora?

Bom, fazemos aqui uma breve retrospectiva: Hoje é segunda, início de semana, e o que você fez no seu final de semana? O que aprendeu na semana passada? Que lugares novos você visitou? Que trajetos diferentes você passou? Que projetos retomou? Que deliciosas conversas (presenciais) você teve? Uma receita nova? Um habilidade descoberta?

[Ops. Pausa para refletir…]

Sabe, a rotina não é um monstro que habita embaixo da cama. Ela é alimentada, criada e sustentada pelos nossos hábitos… Aos poucos vamos vivendo, nos acomodando, e de mansinho deixamos o “monstro” dominar toda essa relação, decidindo que é melhor dormir do que sair hoje a noite, é mais rápido ir de carro do que usar a bicicleta que está encostada na garagem, é mais cômodo ver a novela do que descobrir um novo filme passando no cinema da sua cidade, é mais sossegado fazer aquele miojo ao invés de testar uma receita que você viu na caixinha de creme de leite…

Ah, os hábitos. Hábitos são jeitos e ações que praticamos repetidamente, insistindo em ver o mundo sempre do mesmo ponto de vista. E as novidades? Jura que não tem nada interessante acontecendo aí fora? Eu aposto que tem.

Quando estamos engolidos pela rotina, deixamos de perceber a beleza das descobertas, as felicidades escondidas em compartilhar momentos com pessoas bacanas, a empolgação de aprender algo novo, a realização em retomar um sonho! E sem essa de estou-sem-tempo, quem é que está sem tempo pra ser feliz? Não estou recomendando ninguém a largar o emprego e nem “fazer o que se ama” (éca), é só praticar um novo olhar, estar mais aberto às possiblidades. Acho que a vida passa a ter um sentido todo especial quando levamos ela do jeito que a gente quer: conscientes do momento presente, responsáveis pelas nossas ações, orgulhosos pelas nossas pequenas conquistas ♥

E nem falo de coisas grandiosas, tenta trocar a posição que você senta na mesa… Escovar os dentes com a outra mão? Ou iniciar a leitura de um dos livros lacrados que mora lá na sua estante. Sabe, não importa muito a proporção da mudança, a questão é estar em mo-vi-men-to. Sem cobranças do estilo tenho-que-fazer-algo-legal-hoje, apenas estar de peito aberto para fazer coisas diferentes acontecerem no seu dia.

Bom, eu começo a semana de peito aberto, compartilhando as felicidades da minha rotina (E com comentários em parênteses, chique demais!) Comecei a testar alguns rabiscos com tinta acrílica (Dicas, please!), ganhei um Ukulele (Como pode ser tão fofo, gente!) e eu estou na luta de conseguir pelo menos diferenciar o som das notas musicais (hehe) e também retomei um sonho antigo, abandonado por alguns anos no canto da vida (olha aí a famosa “Falta de tempo”): voltei a dançar! Uhul, me segura, gente! :DD

Além do mais, sei lá, aprendi uma receita maravilhosa de docinho saudável (Gratidão, Lise!), fui em palestras, visitei uma mostra linda de uma casa em um container (Viram lá no insta?), revi alguns amigos, saí no final de semana, comprei uma mini palmeira (!!!), preparei um quase-risoto (O Thi gostou tá?), comecei a colocar em prática novas ideias pro Rotina (Oba!), decidi escrever cartas para amigos queridos que moram longe, e por fim, retomei este blog (todinho pra vocês!), que faz minhas segundas-feiras serem bem felizes! ♥ ♥

E vocês, meus amores, que andam fazendo com toda essa rotina?

Beijinhos !


Originally published at rotinaerabisco.com.br.

Like what you read? Give Rotina & Rabisco a round of applause.

From a quick cheer to a standing ovation, clap to show how much you enjoyed this story.