O WhatsApp ficou mais seguro que o Telegram?
Anderson Ramos
328

Não considero o WhatsApp mais seguro e vou explicar o motivo:

  1. O Facebook é de longe, a maior rede social em números de usuários e, juntamente com outras redes sociais que ela possui, é a empresa que possui uma gigantesca quantidade de acesso ativo de usuários por mês em seus serviços. São quase 2 BILHÕES atualmente (1.59 bilhão em 2015) de usuários por mês no Facebook, 900 milhões por mês no WhatsApp, 800 milhões de usuários por mês no Messenger e 400 milhões de usuário por mês no Instagram. Somente por possuir essa gigantesca quantidade de usuários em mãos, é impossível obter o controle de dados dos usuários sozinha, hava vista que, conforme denúncias feitas por Edward Snowden, o governo americano tem o acesso aos dados de praticamente qualquer pessoa do globo terrestre… Eles não iam deixar essa base de dados gigante fora do controle deles. Jamais…
  2. Somente pelo fato de uma empresa fechada gerenciar o desenvolvimento, a aplicação, e a manutenção do protocolo Signal, sem ao menos disponibilizar o código fonte, não é possível saber se o desenvolvimento, a aplicação e a manutenção desse protocolo continuará o mesmo ou se não será atualizado no futuro para prover possíveis brechas de segurança e até mesmo acessos “internos” para NSA e cia. E outra, como um usuário comum consegue saber se o famoso protocolo Signal está mesmo implementado no WhatsApp? Tenho essa curiosidade! Comparando ao seu concorrente, o código fonte de todos os clientes do Telegram é aberto, o que já dá pra ter certeza de como a criptografia está sendo implantada e se ela foi mesmo implementada.
  3. A possibilidade de enviar mensagens criptografadas sem uma das partes estar online é algo bom, mas ainda sim acaba deixando rastros nos servidores e as mensagens ainda estão sendo armazenadas nos servidores do Facebook. Mesmo que você apague as mensagens, como o WhatsApp não é baseado na nuvem, elas ainda ficam armazenadas nos servidores. Segundo eles, nem mesmo eles podem acessar as mensagens por ser criptografia end-to-end, mas segundo o ponto “2.” o que impediria eles de obter as mensagens se alguma requisição interna fosse feita e somente eles soubessem como descriptografar? Ninguém iria saber de nada… A coisa quando é centralizada se torna perigosa e tende a ser manipulada por debaixo dos panos.

Eu tenho mais 3 pontos para mostrar, mas vou logo resumir toda a minha analise disso tudo logo abaixo.

Resumindo:
O anuncio da implantação do protocolo Signal, para mim só foi pra dá um ar de segurança com o objetivo de fazer com que o usuário se sinta seguro, mas no fundo, como o sistema todo dessa implementação é muito centralizado isso acaba se tornando um perigo. Talvez eles realmente querem que vc pense que é seguro, para a NSA continuar acessando a base de dados deles com suas políticas internas e secretas.

Like what you read? Give Rodrigo Vieira a round of applause.

From a quick cheer to a standing ovation, clap to show how much you enjoyed this story.