em agosto eu me apaixonei

eu ri

ri muito

dancei

sofri

chorei

me senti sozinha

senti raiva

chorei de raiva

vomitei no banheiro

chorei no banho

me senti feliz

dancei mais

pulei

gritei

voltei pra casa sem voz

bebi na rua

bebi em casa

bebi no quarto

na sala

e talvez no banheiro

bebi vinho

cerveja

em agosto eu beijei em casa

na sala

no quarto

ganhei beijos nas bocheas

no nariz

na boca

no olho

beijei na católica

no galpão

beijei dançando

beijei rindo

me senti querida

conheci gente nova

me disseram o quão legal eu era

em agosto

eu fiz parte de algo

eu fui desejada

eu fiz as pessoas rirem

em agosto

meu coração foi partido algumas vezes

eu me senti sozinha de novo

em agosto

eu quis morrer

eu quis matar

em agosto

eu te esperei por acordada até as onze

em agosto

eu fiz chá e café pra ti

comi teus chocolates e servi o teu prato

em agosto

eu deitei no teu peito

eu segurei tuas mãos

olhei nos teus olhos e sorri

em setembro

tu decidiu o que era melhor pra mim

tu decidiu que não tinha tempo pra mim

tu não aguentou meus dramas mesmo depois de dez anos de casamento

pois em dez anos

ninguém te encheu o saco como eu

em setembro

tu te afastou

tu me afastou

em setembro

eu quis companhia pra dormir numa noite chuvosa

eu te mandei embora

eu beijei outros

eu vi tua cara de ódio

eu chorei

eu te quis de volta

eu quis te enloquecer

eu te quis

demais

eu sofri

eu limpei a casa chorando

eu tomei banho chorando

eu chorei até pegar no sono

eu não sorri

eu tive crises de ansiedade

eu tomei chás pra conseguir dormir

eu senti raiva

muita raiva

eu quis morrer e quis matar

de novo

eu dormi

eu dormi muito

pra que essa dor

passasse

eu quis voltar no tempo

eu percebi que o tempo não vai voltar

eu te perdoei

eu me perdoei

tu me perdoa?

Like what you read? Give Raquel Alvarez a round of applause.

From a quick cheer to a standing ovation, clap to show how much you enjoyed this story.