Sobre se sentir perdido

Um dos meus maiores pesadelos de criança era me perder. Me perder ao ponto de nunca encontrar meus pais ou uma pessoa conhecida. Durante a minha infância eu me perdi algumas vezes. Não ao ponto de nunca encontrar meus pais ou alguém que me ajudasse. A sensação era a mesma: desespero. A minha falta de atenção tinha feito eu esquecer em qual loja minha mãe estava ou qual direção ela tinha seguido. Eu cresci e perdi o controle de mim. Talvez tenha sido pela mesma falta de atenção da infância ou por outra falha que eu adquiri ao longo do tempo. Quando isso acontece, você se torna uma versão ruim de si mesmo. Você não se reconhece mais e fica procurando nas madrugadas solitárias no quarto se o verdadeiro você ainda existe em algum lugar aí dentro. Eu me tornei uma pessoa totalmente instável e tomando as piores decisões possíveis. Entrei em desespero algumas vezes e tentei encontrar um lugar confortável para estra. Não, ainda não achei a verdadeira versão de mim mas agora eu sei que ela também está nas madrugadas solitárias no meu quarto. A gente é aquilo que se mostra na paz de estar sozinho. Existe muito de você para colocar em pouco espaço de mundo. Para os perdidos, espero que encontrem paz tentando se achar e não se desesperem caso demorem a responder: “Quem é você?”.
Show your support

Clapping shows how much you appreciated sunshine’s story.