Cansei do meio.
Nunca fui uma pessoa muito envolvida no meio Gay, nunca fui envolvido em meio nenhum na verdade. Sempre tive ligações fracas com as pessoas, isso não quer dizer que eu não me importo com elas. Me importo, mas eu sempre prevejo que elas vão me desapontar em algum momento. Mas também me pergunto, será que desapontei alguém e nem percebi? Enfim, voltando ao eixo central do texto... Acredito que o meio Gay seria uma versão caricata de nossa sociedade, repleto de figuras que ao mesmo tempo que são boas, são mesquinhas, egoístas, desimuladas, fofoqueiras e etc. Sabe o mais irritante? É a manutenção desse comportamento até com pessoas do próprio meio. Até entendo a pessoa querer se afirmar na sociedade, mas querer pisar no outro por puro prazer não. As relações na sociedade, em geral, já é complicado para mim. Sério mesmo! As vezes, não entendo como duas pessoas que falam uma da outra mantém relações sociais de amizades, selfs e parceria nas atividades. Se já complicado entender a sociedade, imagina um meio gay onde as pessoas tem necessidade de se afirmar como pessoa, em certa medida isso é bom, e querer se promover a todo custo. Isso me cansa. Entretanto, muitas das vezes, eu me pergunto se eu também não faço mesmo. :./

Esse foi meu primeiro texto no Medium,então, desculpa algum erro de português. Foi terapêutico para mim.

A single golf clap? Or a long standing ovation?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.