Oficina jornalística #2–11 mil brasileiros cometem suicídio por ano

Dados do Ministério da Saúde e OMS informam o número de casos envolvendo pessoas que tiram a própria vida no país e mundo

Idosos acima de 70 anos são os que mais tiram a própria vida, segundo Ministério da Saúde Foto: Photo by Davidson Luna on Unsplash

A prevenção do suicídio no Brasil é tema abordado no mês de Setembro por ONG’s e Órgãos Públicos com o intuito de reduzir, por intermédio de campanhas,o número de ocorrências e esclarecer à sociedade eventuais dúvidas.

De acordo com dados do Ministério da Saúde divulgados nesta quinta (21), de 2011 a 2016 houve 62.804 mortes por suicídio no Brasil, uma média de 11 mil mortes por ano. É a quarta maior causa de morte no país entre jovens de 15 a 29 anos — segunda maior entre homens e oitava entre mulheres. A mortalidade é maior em idosos com mais de 70 anos, cerca de 8,9 casos por 100 mil habitantes.

Brian Andrade, 26, psicólogo e coach, desde o ano de 2016 é atuante do projeto Preparando para o Futuro, realizado pela ONG Sonhar Acordado. A iniciativa aborda, por meio de atividades interativas e gincanas, assuntos voltados ao desenvolvimento pessoal de jovens e adultos, entre eles a depressão e o suicídio. “Não é frescura”, fala Brian ao mencionar a visão geral da sociedade sobre pessoas que tiram a própria vida.

Em escala global, a OMS (Organização Mundial da Saúde) aponta mais de 800 mil casos de suicídio por ano, um a cada 40 segundos. É a segunda maior causa de morte entre jovens de 15 a 29 anos.

No ranking de países que mais cometem suicídio no mundo, o Brasil ocupa a 8° posição. Fica atrás de países como China, Estados Unidos e Rússia. A índia ocupa a 1º posição, com 250 mil mortes por ano.

Até 2020, o Ministério da Saúde busca aumentar as ações de políticas públicas e planos de prevenção ao suicídio, por meio de sua Agenda de Ações Estratégicas. Pretende também reduzir cerca de 10% no número de mortes nesse período.