A geração insatisfeita e os malditos motivacionais

Aqui estamos em mais um ano novo e como todo início de ano as pessoas fazem planos, criam metas e prometem que vai ser diferente.

Agora vai! — Pessoas

E com essa vibe vem todos aqueles posts motivacionais nas redes sociais, mensagens de família, ligações de amigos e afins. Coisas como "vá atrás dos seus sonhos", "esse ano vai ser o ano", "vai dar tudo certo" e imagens de bichinhos e bebês fofos.

Como rainha da impaciência eu já comecei meu ano irritada com isso e tentarei dissertar da melhor maneira possível, prometo.

Vamos falar de insatisfação. Desde o início do ano esse sentimento toma conta de grande parte do meu dia: emprego, família, estudos. Insatisfeita com o rumo da vida e sem saber pra onde virar o barquinho nessa altura do campeonato.

E não sou a única, muitos amigos tem conversado comigo e se encontram na mesma situação. Indecisos, infelizes e desmotivados a continuar a vida atual. Eu culpo essa mesma vida atual por isso, a gente é bombardeado por tanta informação e são tantas opções pra escolher que fica impossível tomar uma decisão sensata. Aí a gente escolhe o que parece melhor naquele momento e pouco tempo depois aparece um melhor ainda e ficamos sem saber o que fazer.

Isso serve pro trabalho, pros relacionamentos e todas as outras decisões importantes da vida. E como se não bastasse entra em cena os tais motivacionais que de alguma forma parecem querer te obrigar a estar feliz e mudar e melhorar o tempo todo, ajudando a prolongar esse efeito de que nunca é suficiente.

O engraçado desses motivacionais é que quem vê de fora acha que eles estão certos e que você é um imbecil por não agir de acordo com eles e não ser o melhor.

Mas calma amigo, entenda que cada pessoa tem seu ritmo e nem sempre o que você sonha e deseja vai acontecer. Tem que se acostumar com isso.

Você quer mudar de emprego, mude. Mas não esqueça que nossas decisões tem consequências prolongadas. É o melhor pra você naquele momento? Faça mas seja consciente.

Não se deixe levar pelas aparências e belas frases. A vida não é bela 100% do tempo. Você vai estar insatisfeito com alguma coisa, vai tentar mudar e em pouco tempo vai estar insatisfeito de novo e se cansar.

O segredo é entender que não tem nada de errado nisso. Isso é ser humano.

Reflexão pra encerrar: The Paradox of Choice

One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.