A Importância das Personas

Para entender o que os usuários precisam, primeiro deve-se entender quem eles são. Os campos de pesquisa do usuário são dedicados à coleta de dados necessários para desenvolver essa compreensão.

Algumas ferramentas de pesquisa, como pesquisas, entrevistas ou grupos focais, são mais adequadas para a coleta de informações sobre as atitudes gerais e percepção de seus usuários. Outras ferramentas de pesquisa, como testes ou estudos de campo, são mais apropriados para a compreensão de aspectos do comportamento do usuário e da interação com seu produto.

O teste de usuário é a forma mais comum de pesquisa; não é sobre testar seus usuários, em vez disso, é sobre como fazer com que seus usuários testem o que você produziu. Um teste de usuário pode ser usado para encontrar se há necessidade de modificações no projeto, buscando sempre aprimorar o produto para melhorar a experiência de uso.

Coletar todos os tipos de informações sobre os usuários é completamente valioso para o seu projeto. E você pode transformar essas informações a respeito de potenciais usuários em Personas.

A Persona nada mais é que um personagem fictício construído para representar as necessidades de todo o grupo de reais usuários. Ao colocar uma face e um nome em todos esses dados coletados a partir da sua pesquisa, as personas podem ajudar a garantir que você seja fiel aos perfis de usuário durante todo o processo de design.

“Personas são modelos descritivos de usuários criados de dados de pesquisas que nos fornecem uma forma de entender como os usuários se comportam, como eles pensam, o que eles desejam e por que.”

As personas devem ser consistentes com o que sabemos a respeito dos usuários em nossa pesquisa, mas alguns detalhes específicos da persona são pura ficção, usados para dar vida a esses personagens. Representam a gama de necessidades dos usuários, as quais devemos manter em mente enquanto tomamos decisões a respeito de toda a experiência do usuário.

“O que as personas não representam?
Média estatística;
Pessoas reais, mas personas são baseadas em dados reais;
Segmentos de mercado.”

Resumindo, é uma técnica de criação de personagens fictícios que nos ajudam a lembrar e entender melhor as necessidades dos usuários. Para auxiliar na tomada de decisões a respeito do projeto, podemos construir pequenas historias, chamadas cenários de uso. Os cenários são pequenos, simples e narrativos, descrevendo como a persona poderia tentar satisfazer uma dessas necessidades. Facilitando o entendimento do processo pelo qual os usuários passam para a realização da tarefa.