Eu, a Conde da boa vista e as pessoas.
Andreza Crispim
221

Andreza, acho que essas sensações de imensidão e pequenez, angustia e gratidão, tudo ao mesmo tempo, devem ter a ver com o universo que há dentro de cada um.

Eu tenho esses sentimentos quando penso sobre a semelhança que existe entre o universo e a nossa mente, o que há dentro, apesar de parecer pequeno associarmos que esteja, literalmente, dentro do nosso corpo é tão grandioso quanto o que está fora.

E em ambos, enquanto há vida, existe possibilidade para tudo o que é novo.

Like what you read? Give Samuel de Almeida a round of applause.

From a quick cheer to a standing ovation, clap to show how much you enjoyed this story.