Apoiando salões de beleza durante a crise do covid-19.

Utilizando UX Design para ajudar salões de beleza a flexibilizar o atendimento e garantir a segurança durante a pandemia.

[IMAGEM DO PROTÓTIPO] — ilustre somente após finalizar o case com as imagens mais lindas que conseguir criar — vale usar template de mockups. Aqui é dribbble shot total (telinhas bonitas, conto com vocês!)

O meu papel nesse projeto e ser UX Design, é mostrar como foi o primeiro desafio que resolvi como designer de experiência do usuário. O meu objetivo é mostrar a minha estrutura de trabalho em ux design, e como resolvo problemas de design utilizando técnicas adquiridas no curso.

O que está sendo chamado de “novo normal” fez com que alguns clientes deixassem de visitar os estabelecimentos de beleza com a mesma frequência de antes.

Para as donas de salões, o quase desaparecimento dos eventos sociais e a migração de muitas profissões para a modalidade “home office” fez com que muitas clientes que visitavam os salões e esmaltarias semanalmente, deixassem de fazê-lo, ou passassem a fazer com uma frequência muito menor.

O impacto do novo Coronavírus para o setor de beleza faz aumentar ainda mais a necessidade de se reinventar, criar diferenciais e fidelizar clientes.

Aumentar as medidas preventivas, oferecer produtos de beleza, serviços flexíveis e aumentar a frequência de agendamentos para que os usuários não tenham que se deparar com um fluxo de pessoas no salão, realizar atendimentos de forma individual com os devidos protocolos de segurança e higienização contra o Covid-19.

Com algumas pesquisas encontramos o seguinte cenário:

· Mulheres, que durante a pandemia tiveram de cuidar da aparência em casa, se depararam com dificuldades em como lavar e escovar os cabelos, qual tipo de shampoo e condicionador usar, ao fazer as unhas e não conseguir remover a cutícula corretamente, e algo que aparentemente parece ser simples que é pintar as unhas.

O objetivo é entender melhor a persona, com suas expectativas e sentimentos, quais são as suas ações no momento em que necessitam de um serviço de beleza em meio a pandemia.

Depois de um breve estudo identificamos algumas oportunidades:

Indicação de amigas para ganhar descontos para serviços futuros ou em produtos;

Conteúdo de beleza online;

Oferecer produtos e serviços em uma plataforma online (site ou app);

Redes sociais com dicas de beleza;

Atendimento domiciliar ou de forma individual;

Detalhamento dos procedimentos de segurança e higiene nas redes sociais ou app;

Atendimento diferenciado com horário exclusivo e capacidade reduzida;

Descontos e promoções;

Venda de produtos para se cuidarem em casa através do conteúdo online;

Pixar StoryTelling

Era uma vez a Júlia, 28 anos e recepcionista que ama cuidar da aparência mais não tem tempo de se cuidar.

Todos os dias ela tenta manter a boa aparência com cabelos bem arrumados e unhas limpas e devidamente pintadas, para que não seja chamada a atenção no seu trabalho como recepcionista.

Um certo dia aconteceu uma pandemia mundial e muitos estabelecimentos fecharam temporariamente, e pessoas precisaram ficar isolados para não serem contagiados pelo vírus da covid-19, a empresa não optou pelo isolamento e ela teve que trabalhar.

Por causa disso, Julia teve que começar a se cuidar em casa usando os seus utensílios básicos de beleza, mas percebeu que fazia falta ir ao salão pois não tinha tanta habilidade e agilidade na hora de se cuidar.

Por causa disso, ela buscou informações na internet e encontrou um salão de beleza que fazia atendimento com hora marcada, e com todas as medidas de segurança para continuar atendendo mesmo com portas fechadas.

Por causa disso, ela não teve mais que se preocupar em cuidar da aparência em casa, pois encontrou um salão que atende seus clientes com toda segurança possível.

Até que finalmente ela não precisou mais ter que fazer as coisas que um profissional qualificado faria melhor do que ela mesma, e no salão de beleza encontrou dias e horários flexíveis, para ficar em dia com a sua beleza.

Primeira etapa de validação

Para validar o que não tínhamos certeza, sobre a persona e a jornada do usuário construímos uma Matriz CSD, para que ficasse mais fácil de elaborar e decidir quais perguntas colocar na pesquisa quantitativa.

Uma das dúvidas que tínhamos é se as clientes preferem cuidar da beleza em casa ou que ir ao salão. Outra dúvida é onde costumavam comprar produtos de beleza para realizar o procedimento em casa.

Entender quais as maiores dificuldades nesse momento, se o que prevalece é o medo quanto à higiene e segurança ou medo de gastar dinheiro.

Pesquisa Quantitativa

Nessa etapa do processo realizamos uma pesquisa quantitativa, na qual identificamos alguns pontos importantes. Em 4 dias, realizei a pesquisa com 42 mulheres que costumam frequentar salões de beleza em grupos de Facebook e Whatssap relacionados ao tema e com clientes de dois salões de beleza do bairro do parque oratório em Santo André.

Mostre como você elaborou as perguntas e qual hipótese de dúvida existia por trás de cada uma delas.

Hipótese (é a suposição testável)

Eu acredito que _____________ . Saberei se estou certo se fizer isso _____________ e chegar nesse resultado __________________.

O “se fizer isso” pode ser cada pergunta da pesquisa. Para não ter pergunta que não gere aprendizado. Leia os dois artigos abaixo para ajudar a esclarecer essa etapa:

--

--

--

Love podcasts or audiobooks? Learn on the go with our new app.

Get the Medium app

A button that says 'Download on the App Store', and if clicked it will lead you to the iOS App store
A button that says 'Get it on, Google Play', and if clicked it will lead you to the Google Play store
Samuka7

Samuka7

More from Medium

Why adding little tolerance has exponential benefits

How to Stake Genzees for $ODDX

How to buy and own MatrixETF using Coinbase Wallet.

UNI announces ‘Tremors’ — Architecture Competition to Disaster resilient housing — Design…