Image for post
Image for post
Photo by Valario Davis on Unsplash

Conteúdo nunca vai perder a realeza

A Web já é adultinha. Com 28 anos, ela não mora mais com os pais, paga sua próprias contas, sabe cozinhar mais do que miojo e tem seus romances vez ou outra. Em sua jovem vida, tem uma coisa que nunca mudou: a Web é cheia de conteúdo. Não decepciona quando o papo é a diversidade de temas interessantes no seu repertório. Por conta disso, todos amam a Web e ela é convidada para qualquer tipo de festa.

Você já percebeu qual é um dos grandes baratos proporcionados pela internet? É claro que poder conversar com seus amigos e familiares é uma maravilha, assim como acessar produtos e serviços com maior facilidade e agilidade. Porém, sem dúvidas, o ponto forte da internet foi o surgimento da Web e a possibilidade de acessar toda sorte de conteúdos. Vídeos, textos, músicas… seja o que for, a Web é um grande espaço para a profusão de ideias e informações.


Image for post
Image for post
Photo by Al x on Unsplash

Já pensou em uma Web controlada apenas por uma pessoa?

Image for post
Image for post

Eu sou um grande nerd. Não gosto muito desse rótulo, pois ele tem uma conotação negativa, como se pessoas que gostam de cultura pop, games e tecnologia fossem algum tipo de sociopatas. De qualquer maneira, o ponto é que esses gostos, em geral, são sinônimos de um posicionamento de apoio às tecnologias em nossa sociedade.

Isso quer dizer que sou um entusiasta. Adoro novidades técnicas, que de alguma maneira possam transformar vidas humanas. O que falar das mídias sociais, então? Adoro todas, sem exceção (mas o Instagram é minha favorita 😅). …


Image for post
Image for post

Os fins não justificam os meios

Image for post
Image for post

Você já trabalhou em agência de publicidade? Eu já. Posso dizer de boca cheia que adorava meu trabalho na agência Dobro, o que não é o mesmo que dizer que era fácil ou pouco estressante. Pelo contrário, o desafio de dar resultados para as campanhas dos clientes eram diários. A cobrança era bem forte. E, no auge da minha imaturidade dos 20 e pouquinhos anos, eu errava pra caralho.

Foram muitas vezes que um material ou anúncio do cliente foi confeccionado com erros. Culpa de quem? Minha, por ter sido negligente ou por falta de atenção. Por outro lado, nunca planejamos e colocamos em ação uma campanha de comunicação que pudesse, de maneira deliberada ou não, ofender ou agredir indivíduos e grupos de pessoas. Falo isso lembrando que, na Dobro, nós inclusive criamos campanhas de comunicação política em época de eleições, setor que hoje representa toda a crise moral brasileira (entre outras coisas). …


Image for post
Image for post
Photo by jesse orrico on Unsplash

A busca infindável por uma compreensão dos movimentos sociais.

Sou fã de filmes e séries de investigação policial. Meu filme favorito é Se7en: os Sete Crimes Capitais, dirigido por David Fincher (1997). Não por acaso, o diretor do longa também conta com um espaço reservado na minha galeria de favoritos. Você deve conhecer o trabalho dele por outros filmes como Clube da Luta (1999), A Rede Social (2010) e Garota Exemplar (2014).

Image for post
Image for post

Agora calcule o tamanho do meu entusiasmo ao saber que a Netflix lançaria uma série dirigida por David Fincher sobre dois agentes do FBI que investigam perfis psicológicos de assassinos em série?

No final de semana que foi lançada, consumi ferozmente Mindhunter (2017). Além da série ser muito bem produzida, ter um ótimo roteiro e personagens bem construídos, ela aborda o tema do comportamento. Quero falar um pouco sobre isso, conectando com partes da série. …


Sobre os prazeres, medos e responsabilidades de lançar um serviço digital com o potencial de transformar um grande mercado.

Primeira parte: o casamento

Há alguns anos vinha sendo espectador do trabalho do meu amigo de longa data Tiago de Oliveira Mário, em sua parceria com o Professor Doutor João Tassinary. Eles tiveram a ótima ideia de trabalhar com cursos digitais para a área de Estética clínica, porém sem os apelos de protocolos milagrosos e semelhantes. A batalha deles era outra: criar cursos de qualidade superior, com repertório científico, isto é, treinamentos testados e comprovados por estudos acadêmicos minuciosos.

Já a minha jornada era diferente, mas convergente com a desses dois personagens: me retirei do “mercado” e passei dois anos imerso na área acadêmica. Durante esse período, cursando o Mestrado em Processos e Manifestações Culturais, foquei minha atenção na comunicação digital, em especial para os temas de cultura digital, modelos de negócios de plataformas e comportamentos resultantes das relações humano/tecnologia. …


Image for post
Image for post
Photo by Jennifer Burk on Unsplash

Só de ler o título desse texto você já franziu a testa e uma dorzinha de cabeça começou a martelar? Eu entendo você.

Image for post
Image for post
Assim que você se sente ao pensar em avaliação e mensuração de resultados?

Você deve estar argumentando consigo mesmo “eu não estudei comunicação para ficar calculando coisas, entendendo de métricas e retorno de investimento (ROI). Meu negócio é ser criativo, colocar ações em prática, me relacionar e engajar o público, ser inovador, diferentão, descolado…” Entretanto, no fundo da sua alma de comunicador você sabe que precisa mostrar resultados. Mostrar que suas ações de comunicação são efetivas e trazem benefícios para o seu contratante. Saber avaliar os seus resultados é imprescindível para seu crescimento profissional.

Não é à toa que a temática que trata de avaliação e mensuração de resultados é cada vez mais popular em meio aos profissionais de comunicação. Claro que este assunto não nasceu ontem. Porém, o fato é que com a sofisticação das práticas profissionais, todo mundo quer provar o seu valor. …


A presente pesquisa foi realizada pelo relações públicas Samyr Paz (medium.com/@samyr), com dados coletados entre 12 de maio e 30 de junho de 2014. O objetivo é abordar temas referentes à colocação no mercado dos profissionais de Relações Públicas, remuneração, atividades e opiniões acerca do desenvolvimento do mercado. Com estes dados é possível analisar próximos passos para a classe profissional, como: o que é possível fazer para melhorar o mercado? Quais as forças e fraquezas dos Relações Públicas do Brasil? O que esperar do futuro?

Para isso foi conduzido um questionário online com perguntas fechadas e abertas. Foram coletadas 420 respostas de profissionais e estudantes de Relações Públicas de todas as regiões do Brasil. A pesquisa foi amplamente divulgada por canais de comunicação voltadas para área: Blog Relações (maior parceiro desta empreitada), Todo Mundo Precisa de um RP, Relações Públicas Brasil, Relações Públicas da Depressão, Conrerp/4º, Conferp, Relações Públicas Faz e outros, além de divulgação nos grupos de Relações Públicas espalhados pelo Facebook e Twitter. …


Será que existem diferenças?

Sempre fiquei muito curioso sobre como o profissional de Relações Públicas évisto em outros países do mundo. Ouvi e li rumores que na Espanha é uma atividade super valorizada. Mas são apenas rumores, não posso confirmar.

O que realmente me deixa curioso é a situação das RP nos Estados Unidos, principalmente por causa de matérias como essa. Trata-se de uma lista da Forbes sobre os empregos mais valorizados de 2013. Gerente de Relações Públicas aparece com uma média salarial de 95 mil dólares por ano, o que resulta em torno de 16 mil reais mensais. Fui pesquisar um pouco mais sobre isso e verifiquei no site da PRSA (Public Relations Society of America) que os salários mais baixos estão em torno de 50 mil dólares anuais. …

About

Samyr Paz

Prof. de Relações Públicas (Feevale). Doutorando em Comunicação e Informação (UFRGS). Pesquisador de comunicação digital e videogames.

Get the Medium app

A button that says 'Download on the App Store', and if clicked it will lead you to the iOS App store
A button that says 'Get it on, Google Play', and if clicked it will lead you to the Google Play store