sobre quando você.

é sobre quando você deita em mim e no meu cansaço e faz carinho na minha vida com suas mãos decididas a me trazer aconchego. é sobre quando você pega o ônibus das 18h à caminho daqui e traz uma sacola de palavras boas, um tanto de falta-de-jeito que eu te arranco vezenquando, e super-bonder pr’eu te ajudar a consertar você. é sobre quando você questiona a existência e a resistência de nós e sobre quando você me olha e seu olhar atravessa a epiderme do meu eu e vê o próprio reflexo ao procurar a parte mais bonita de mim. é sobre você aparecer na entrada da minha casa e da minha causa. é sempre sobre seus atos rastros astros e sobre você. é sobre as pegadas que você deixa no chão do meu quarto e do meu miocárdio.

e você ainda tem a audácia de me pedir pra morar dentro de mim.

Show your support

Clapping shows how much you appreciated sarah.’s story.