Mercúrio Rx

Enfim, chegou um dos momentos mais falados do calendário místico: a retrogradação de Mercúrio.

É um momento muito falado mas muitas vezes mal compreendido. Não há retrogradação necessariamente ruim, mas há trânsitos para os quais não estamos preparados. E a frequência com a qual Mercúrio anda para trás, de 3 a 5 vezes por ano, deveria fazer com que esse momento gerasse menos burburinho. Porém, há muitas coisas mal compreendidas na área mística, que geram muito medo e não deveria ser assim. Porém, falaremos delas em seu devido tempo.
Ocorre que Mercúrio está andando para trás desde domingo 13/8, saindo do grau 11 de Virgo e indo até o grau 28 de Leão, no dia 05/09. Grau 28 de Leão, que é justamente o grau do eclipse do dia 21. Falaremos dele também, a seguir.
Como todo movimento retrógrado, esse também pede atenção aos assuntos regidos pelo planeta. Comunicação, expressão, trocas, compras on line, acordos e, dessa vez, principalmente planejamento, estratégia, rotina e saúde. É o momento de rever tudo o que acontece nessas áreas porque Mercúrio vai apitar o sinal de alerta ali, incialmente, fazendo com que a gente simplesmente se movimente para dar conta dos planos que temos e estão parados ou sem a atenção devida.
A ideia, desde a Lua Cheia em 7/8 é verificar se nossos propósitos de vida estão fluindo a contento, se estamos direcionando nossas energias para fazer aquilo que nos propusermos a fazer desde que estamos nesse plano. Essa retrogradação, então, traz a necessidade de rever aquilo que é preciso ser revisto e por em prática as reformas, faxinas ou cuidados que são necessárias para contribuir não apenas com a nossa vida, mas com a nossa parte no todo. Nos ultimos dias tem ficado muito clara a necessidade de observar atentamente o que e quem estamos atraindo com nossas ideias, sentimentos, comportamentos e ações. Podemos estar, sem perceber, nutrindo vibrações que atraem gente que definitivamente não tem nada a acrescentar, que está em outra pegada ou que está fazendo mal. A retrogradação vai trazer tudo isso para ser revisto.

Vai mostrar também as falhas nos nossos planos para que eles sejam bem executados e nos tragam mais realizações. 
Me parece que a ideia geral é sempre a de que o Universo está atrapalhando os nossos planos. E isso normalmente é uma viagem e uma viagem muito imatura. Vamos descontar questões kármicas e demais tretas sérias, apenas nesse momento. Mas você é o Universo em forma de pessoa. Se tem algo não funcionando é sempre o caso de questionar se está sendo feito da melhor, mais fácil, fluida ou próspera maneira possível, se está no momento adequado ou se é realmente uma boa ideia. Evidentemente tem exceções, mas a ideia é bem essa. Se você é o Universo, porque ele não te ajudaria? Se te faz mal, é uma boa resposta, portanto, de porque ele não te ajuda ou na verdade até atrapalha.

Um outro ponto é que pode ser simplesmente um bloqueio de percurso, algo que tende a te ensinar coisas realmente importantes ou deixar o plano muito sólido. Daí vem a necessidade de revisão. “Acerta essa viga senão a casa vai cair na sua cabeça.” Frequentemente a gente não entende essa mensagem. Mas pode acreditar que ela é muito real.

Enfim, Mercúrio Rx é o revisor ou editor chato e extremamente competente do livro da sua vida que chega e fala “corrige que pode dar ruim.” É hora dele agora.

One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.