ODE À OVULAÇÃO

por Lara Briden

Saúde Hormonal
Feb 9, 2018 · 3 min read

Texto original em inglês disponível em: http://www.larabriden.com/ode-to-ovulation/

“A ovulação é boa porque “ativa” hormônios.

Conforme seus ovários se preparam para liberar um óvulo a cada mês, eles produzem estrogênio. O estrogênio estimula a serotonina, e é por isso que você fica mais extrovertida e energizada nos dias próximos à ovulação.

O que acontece logo após a ovulação é ainda mais interessante. É quando um de seus ovários libera grandes quantidades de progesterona — seu hormônio calmante, tranquilizante, anti-inflamatório.

Seu ovário produz progesterona através de uma pequena glândula chamada corpo lúteo (o qual se forma a partir do folículo esvaziado). Eu amo o corpo lúteo. Ele é tão corajoso e fabuloso — e tão efêmero. Tem o tempo de vida de uma borboleta (12–14 dias). Essa glândula se forma muito rapidamente, indo de um nadinha para uma estrutura vascularizada de 4cm em menos de um dia. Uma pesquisadora disse o seguinte a respeito do corpo lúteo:

“…não existe nenhum outro lugar no corpo onde você precisa desenvolver um tecido praticamente do nada em um período de tempo tão curto e conseguir um suprimento de sangue tão rapidamente.”

O alto metabolismo do corpo lúteo requer nutrientes tais como colesterol, vitaminas do complexo B, CoQ10, vitamina D, iodo, magnésio, e zinco. Essa glândula tem uma necessidade particularmente grande do antioxidante selênio, motivo pelo qual o selênio é o nutriente para a produção de progesterona.

Sua progesterona deve durar a maior parte da segunda metade do seu ciclo. Então, quando seu nível cai logo antes da sua menstruação iniciar, você pode se sentir um pouco agitada (veja meu post sobre a TPM). Você pode ter também um ciclo estranho no qual você não ovula e não produz progesterona. Isso se chama ciclo anovulatório e pode causar sangramento intenso ou prolongado.

Além dos benefícios para os bebês

A ovulação é importante para a fertilidade, claro, mas é MUITO MAIS que isso. A ovulação é a única maneira de produzir estradiol e progesterona: seus hormônios do bem estar.

Estradiol e progesterona são importantes para sua saúde e metabolismo. Ambos são essenciais para o humor, energia, libido, resposta à insulina, tireoide, pele, cabelo, e muito mais. Além disso, ter níveis adequados desses hormônios quando você é jovem protegerá você de osteoporose, cancer, e doenças cardiovasculares mais tarde.

Sabotadores de Ovulação

Anticoncepcionais hormonais inibem a ovulação. Isso é castração química, e se você toma a pílula, pode dizer adeus a seus hormônios. Os pseudo-hormônios da pílula não tem qualquer semelhança com seu estrogênio e progesterona naturais. Chamá-los de hormônios é uma piada cruel.

Outros sabotadores de ovulação incluem estresse, doença da tireoide, inflamação, toxinas ambientais, açúcar, glúten, SOP, deficiência nutricional, e distúrbios alimentares.

Diagnosticando deficiência ovulatória

Insuficiência lútea (ou insuficiência do corpo lúteo) é o termo médico para um problema com a ovulação e corpo lúteo. Se você não forma um corpo lúteo, ou se ele não sobrevive pelo menos 12 dias, então você tem deficiência de progesterona. Isso pode causar TPM, escapes pré-menstruais, e fluxo intenso.

Com a deficiência da fase lútea, você não verá a elevação da temperatura em um gráfico de temperatura corporal basal, e um exame de sangue apontará níveis baixos de progesterona (< 8 ng/mL ou 25 nmol/L). Para ser significativo, o exame de sangue deve ser feito entre 5–9 dias antes do início da menstruação. Por favor leia The Right Way to Test Progesterone.

Dica: se você usa anticoncepcional hormonal não tem porque testar sua progesterona. Você não tem.

No próximo post sobre progesterona, vamos ver maneiras de melhorar a saúde do seu corpo lúteo e produzir mais progesterona.”

Tradução: Monique Z. Roloff

Ilustração e foto: Caroline Winkelmann

Saúde Hormonal

Written by

textos traduzidos em português sobre saúde hormonal feminina