Reboot

Nas histórias em quadrinhos de super-heróis, constantemente as editoras estão renovando seus títulos e os status quo de seus personagens. Às vezes, é uma mudança momentânea, e às vezes, é algo que afeta toda a cronologia de cada personagem. O Superman, por exemplo, surgiu em 1938, numa história de poucas páginas. Só nos últimos 10 anos, sua origem já foi recontada várias vezes, sempre com elementos diferentes. A mais recente foi, inclusive, este ano.

O nome disso é reboot. Recomeçar, do zero, com tudo novo. Seja para inovar criativamente ou para trazer uma nova geração de leitores, e consequentemente, aumentar as vendas. O certo é que um reboot sempre chama a atenção da mídia especializada, sempre gera um burburinho, e quem lê, sempre está aguardando o próximo.

O que me faz pensar que nós também precisamos de um reboot nas nossas vidas.

Penso que nós somos formados pelas nossas experiências, que moldam nossas opiniões. Um senhor com seus 80 anos pode ter vivido poucas coisas diferentes, se formos colocar na balança, enquanto uma garota de seus 20 e poucos pode já ter rodado o mundo. Não tem nada de errado, pra nenhum dos dois, é só como a vida trabalha. Mas, se a gente parar pra pensar, tantas experiências e tantas opiniões podem acabar pesando.

Nós vivemos sendo bombardeados por tanta coisa, todo dia. Na Internet, cada esquina tem uma briga de egos diferente. No trabalho, talvez você lide com a incerteza de receber seu salário no final do mês ou com um chefe que te acha um escravo. Em casa, na sua família, pode ser que ninguém te entenda — ou que você não entenda eles, o que vai acabar em uma briga cedo ou tarde.

Você vive em vários ambientes, com pessoas diferentes. Cada uma tem seus sonhos, suas aspirações, suas opiniões, e se você parar para ouvir e se preocupar com todos, você esquece dos seus.

Não estou aqui elogiando o egoísmo ou menosprezando os outros. É sim importante nos alegrarmos quando uma pessoa querida consegue algo que tanto queria, quando um amigo também se sente feliz. Mas parece que nos preocupamos demais com isso. Com o que os outros vão pensar sobre o que a gente está pensando. Aí nos esquecemos dos nossas próprias aspirações, das nossas próprias alegrias. E quando precisarmos de alguém, seja para rir ou chorar conosco, nem sempre esta pessoas estará lá.

Por isso que um reboot é necessário.

Um recomeço mental, uma limpeza das nossas ideias, uma clareza para nossos objetivos. Um boost na nossa confiança. Rebootar não é mudar de casa, não é casar de novo, não é esperar seu aniversário ou o ano-novo para dizer que agora “tudo vai ser diferente”.

Rebootar é começar novos hábitos fortalecendo os antigos — somente aqueles que te fazem bem. É aprender a apreciar cada dia, cada segundo. Se a pessoa que você gosta não está perto, vai lá, usa esse monte de tecnologia que você tem. Liga, manda mensagem, mata a saudade como dá.

De tempos em tempos, eu gosto de parar e simplesmente me acalmar. Na correria do dia-a-dia, tudo pode se tornar muito nublado, e nós deixamos de ver a linha de chegada. Um tempo para respirar, pensar e se motivar faz muita diferença.

Um hábito que eu tenho, por exemplo, é mudar o papel de parede do meu notebook a cada 2, 3 meses no máximo. Me faz lembrar que tudo se renova. Que é fácil se renovar, e que nós estamos sempre mudando.

Uma coisa simples, que mostra como um recomeço pode ser feito em todas as áreas da nossa vida. Nem sempre vai ser de uma hora para outra, nem sempre vai ser do jeito que você quer. Mas esteja aberto a essas mudanças. Queira essas mudanças, mas abrace somente as que vão te fazer bem, que vão te melhorar como pessoa. Reboot sua vida, seus hábitos, sua mente, e até suas opiniões.

Não importa como, sempre vai ser algo que vai impactar sua vida.

E lembre-se: tal como nas histórias em quadrinhos, reboots acontecem de tempos em tempos. É cíclico, é importante, é renovador.

Comece a pensar que cada dia é o primeiro, não o último. Renove a esperança e a fé de que tudo pode melhorar, redobre seus esforços no trabalho e faça melhor seus deveres na sua casa. Refaça suas metas, procure crescer.

Recomece todo dia. Você vai ver a diferença.

Every second is a gift.