Eu prometo que a lei não deixa!

Enquanto isso na “jóia do oeste”, parece que os universitários (que estudam em outra cidade) e precisam do auxílio do poder público municipal para o transporte, terão que encontrar outro meio para chegar até as instituições de ensino…

O que ocorre é que a nova gestão pensa em cortar o auxílio que era entregue à uma associação, que por sua vez repassava o vale transporte aos universitários. E o pior: parece que a continuidade no benefício foi promessa de campanha do 15, por lá.

Na notícia veiculada em um site IMPARCIAL da cidade, a secretária de educação alega que uma lei proíbe tal repasse. Se isso procede, o prefeito anterior deveria ter processos do TCE, MP e outras siglas jurídicas, pois repassou durante o ano inteiro (2016) a grana para a piazada ir pra aula. Além de outros municípios da região oeste como Sta. Helena, Missal e Itaipulândia que também tem o auxílio busão e não falam de cancelamento dos programas.

One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.