Me falaram das rosas

Eu estou sentido e estou sentindo muito. Não sei se estou sentindo mesmo ou se é algo proveniente das ilusões criadas da minha mente. Meu coração bate forte e é bom, e é verdade. Eu quero continuar vivendo essa verdade até eu não conseguir sentir mais, até eu não estar vivo mais.

Eu quero estar vivo para sentir. Não quero viver para sentir.

Meu nariz está queimado, peguei sol hoje.

As pessoas falam coisas que não são importantes enquanto tento lidar coisas importantes dentro de mim

É complicado lidar tudo isso

Conciliar tudo isso

Desorganizado e desorganizado, não

Sei quais palavras escreverei depois dessa linha

Ou depois da próxima…

Mas tenho uma certeza que vou continuar escrevendo enquanto existirem dias para escrever e dias para olhar

Continuarei escrevendo enquanto eu continuar sentindo

Continuarei escrevendo enquanto minha vida

Minha vida existir

Vida existir

Existir

Nada

Então volto para do nada sentir as chamas

E é tudo tão confuso

Tão difícil de escrever

Eu estou feliz mas não consigo escrever sobre a minha felicidade

Mas claramente não escrevo sobre minha depressão

Minha camisa é branca, eu gosto dessa camisa, meu amigo me deu essa camisa. Meu cabelo está bagunçado e estou ouvindo música para os barulhos que são gerados pela existência humana na minha casa………………………………………………………………………………………………………………………

Poema de amor catalótico

Eu estou sentindo muito, não sei se você vai entender

Espero que você entenda

E que não confunda o amor que eu vou derramar em você

Meu copo está transbordando, depois de muito tempo sem água

E transborda por você

Estou abrindo meu coração pra você

É difícil abri-lo depois de tanto que ele mesmo se fechou

Mas ele está aberto

pode tocá-lo, você também faz parte dele

Continue tentando

Vai valer a pena

Eu vou derramar todo amor que estou guardando

One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.