exercíciocriativo: hospital

hoje revisitei meu futuro no gatilho da luz branca e o corredor e o cheiro de acepcia branco da parede branca do passo branco a colagem dos olhos na cara pálida num invólucro violeta sangue pisado veias acesas mantenha a respiração em linha reta vaziocheiovaziocheiovazio hoje revisitei a luz branca do corredor das macas que eu só conheço quando tenho sono mas não posso dormir porque há um caroço onde descanso há um caroço desencapado entre a língua e a glote entre a foice e a derme entre a inspiração esquerda e a expiração direita eu vim do lado errado sem uniforme e sem cadastro aguardo a senha surgir no letreiro abro espaço à nota aguda formigando a carne branca do olho castanho.