Documentário sobre Vila Soma é exibido na 9ª Mostra Luta

Na noite do último domingo (9/10) o documentário sobre a Vila Soma produzido pela SUP foi exibido na Praça das Bandeiras, localizada no centro do município de Sumaré, interior de São Paulo. A cidade, onde fica a Ocupação Vila Soma — maior ocupação urbana do estado — recebeu uma série de atividades da 9ª MOSTRA LUTA, que inclui a ocupação de espaços urbanos, como a sessão de cinema, que reuniu moradores da Soma, apoiadores e quem por ali passava para contemplar, além do longa sobre a luta dos moradores da ocupação, o filme “Casa Na Marra”.

De acordo com Sonia, integrante da organização da Mostra Luta, o evento é fruto do encontro de pessoas que realizam atividades criativas e artísticas em prol de qualquer luta. “O projeto começou há 9 anos atrás em Campinas, com um coletivo de comunicadores populares e, no movimento para fazer com que esse evento aconteça, a cada ano vários coletivos diferentes passam a se juntar para ajudar”, explica.

Após a exibição dos filmes, ocorreu uma sessão de falas, onde foram compartilhadas experiências na Ocupação Vila Soma e relembrados os últimos episódios de conquista dos moradores, além de comentar sobre o filme e sua importância para a luta dos moradores.

Carlos Canedo, integrante do SUP e Diretor do documentário, recorda que, desde seu lançamento, em janeiro, o filme foi exibido apenas três vezes nessa fase de pré-lançamento. “Entendemos que expor esse trabalho ocupando espaços deve ser o papel da mídia livre, que nem sempre consegue realizar todos os projetos. É muito gratificante ver que esse filme teve a repercussão que teve e que, de maneira voluntária, ele vem sendo exibido em momentos e espaços importantes como esses”.

O mídia-ativista apontou também que, histórias como a da Vila Soma são cheias de desdobramentos que devem ser acompanhados e documentados de perto. “Seria muito interessante mais projetos como esse, para contar os novos e constantes passos da luta por moradia na Vila Soma”.

As atividades da 9ª Mostra Luta começaram em 7 de outubro e se encerram no dia 22. Confira a programação completa aqui: http://mostraluta.org/.

“Soma — Na luta por moradia”

O filme, com duração de 38 minutos, foi produzido no período de dois meses no ano de 2015, entre outubro e novembro, finalizado em Janeiro de 2016 e pré-lançado no primeiro semestre do mesmo ano. Com proposta documental, o material reúne a história da ocupação, da situação jurídica da área ocupada, relatos dos moradores e carrega um peso muito grande por ter sido rodado em um período de total instabilidade, quando toda a comunidade aguardava a conclusão de um processo — movido pela massa falida da empresa Soma Equipamentos Industriais, que, há 20 anos, havia encerrado as atividades na área.

A tensão e a incerteza caminham ao lado do orgulho e da força na luta por moradia, mas pelo menos naquele momento a situação era de tensão e alerta total. Hoje, um ano após a produção do filme, as 10 mil pessoas que vivem na Vila Soma aguardam a decisão colegiada do Superior Tribunal Federal, após a suspensão liminar da reintegração de posse pelo Min. Relator Ricardo Lewandowski. No entanto, assim como o quadro político do país, a gestão da cidade de Sumaré passou por uma nova fase de transição na última eleição municipal e novos acontecimentos são aguardados com cautela.

Assista ao teaser da produção do filme:

Todas as fotos por: Lucas Jacinto/SUP
 Texto: Lucas Jacinto/SUP

One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.