Showmetech

Quando a Uber chegou ao Brasil, foram só elogios. O serviço veio para derrubar o monopólio dos táxis, serviço que era usado quase como por obrigação, derrubou os preços, causou muita polêmica, muita mesmo. Mesmo com várias dificuldades impostas por órgãos públicos e taxistas, o serviço caiu nas graças da população e obteve 95% de aprovação popular, de acordo com o Datafolha, algo que na realidade deve beirar entre 150% e 300%.

Como nem tudo são flores, a medida que o serviço mais barato, UberX, se popularizou vieram os desagrados. De longe, o menor (literalmente) dos problemas é que a categoria aceita qualquer veículo, desde que seja do ano 2009 pra frente, tenha 4 portas e ar-condicionado (algo que muitos motoristas nem usam mais). Com tais exigências você podia chamar um Uber e andar em um carro muito apertado (quem é mais alto sofre) ou em más condições de uso.

Outro ponto que deixa muita gente irritada é o atendimento que passou de excelente, com direito à água, balinhas, cortesia e simpatia, para um nível similar ao de “taxista rabugento”. Infelizmente, isso é mais culpa da nossa cultura, mas não deixa de ser ruim. E o pior, quem nunca pegou um Uber que o motorista não sabia nem seguir a instrução de “vire à esquerda” do GPS? É, infelizmente acontece.

Até hoje, quem queria um atendimento realmente diferenciado e mais conforto precisava optar pelo UberBLACK, categoria de luxo do serviço, mas que está disponível apenas em algumas capitais do país. A partir de hoje, 16/03, ao meio-dia, usuários do UberX poderão pedir um UberSELECT.

UberSELECT, nem tão bom quanto UberBLACK, nem tão “ruim” quanto UberX

Veja aqui como ganhar cupons para viajar de graça no Uber.

O que muda no UberSELECT?

A nova categoria é intermediária e ficará abaixo da UberBLACK e acima da UberX. A empresa promete mais conforto por um preço até 20% maior que a modalidade econômica. Além do benefício para os usuários, é uma chance para os motoristas que possuem um carro melhor ganharem um pouco mais.

De acordo com o Tech Crunch, a categoria já existe desde 2015 nos EUA e por lá as exigências são ter um veículo de luxo e de ano recente e o motorista precisa ter nota alta. Aqui no Brasil, só é exigido que o carro tenha ar-condicionado, 4 portas e 5 lugares, de modelo 2012 ou mais recente. Não muda muito em relação ao UberX, mas a lista de automóveis é limitada. Confira:

Já em relação as tarifas, o Tech Crunch fez a seguinte comparação:

Nessa tabela, feita em 2015, o preço do SELECT era praticamente o dobro do valor cobrado pelo X, mas não temos como afirmar que aqui no Brasil funcionará de forma similar. A Uber afirma que o valor será até 20% maior.

Para quem se interessou e quer usar o novo serviço, ele já está disponível nas seguintes cidades: São Paulo, Campinas, Santos, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Brasília, Goiânia, Campo Grande, Vitória, Recife, Salvador, Fortaleza, Porto Alegre e Curitiba.

Atualizaremos o post com as tarifas e mais informações de como usar o UberSELECT em breve.

Fonte: Uber

O post Cansou do UberX? Conheça a nova categoria intermediária (e talvez melhor) apareceu primeiro em Showmetech, escrito por Julian Leno.

via WordPress http://ift.tt/2mNa5S2