Showmetech

Google I/O 2017

A primeira apresentação já acabou, mas o evento continua até sexta-feira (19)

A Google I/O acabou de começar, e embora a primeira apresentação já tenha chegado ao fim, a conferência continua até a próxima sexta-feira (19), com mais novidades para os desenvolvedores. Tradicionalmente, o primeiro dia do evento é focado no anúncio de novos produtos, aqueles que são mais visíveis ao consumidor e acabam se tornando o centro de implementações por parte da Google.

Dentre as novidades anunciadas hoje, adições ao Google Assistant, Inteligências artificiais e uma nova prévia do Android O foram, com certeza, as principais estrelas do evento — mas caso você não tenha assistido à conferência, fique tranquilo, a gente preparou um apanhado de tudo que rolou hoje, olha só:

Google Assistant e IAs

Google Assistant

Inteligências artificiais foram um dos focos da apresentação

Uma série de novidades foram anunciadas para o Google Assistant e os produtos os quais ele integra, seja os smartphones, seja o Google Home. Nos smartphones, o assistente vai ficar mais inteligente e ganhar mais variedade: a partir de 2017, o recurso fará parte duma série de produtos dos mais diversos tipos; dentre eles, smart TVs, sistemas de som, dispositivos de segurança doméstica e muito mais.

Google Lens

O Google Lens identificará objetos, locais e até mesmo conteúdos em texto

Google Lens — Anunciado como um aditivo para as inteligências artificiais da empresa, o Google Lens é um ‘revival’ do Google Googles, e parece bastante com um recurso da assistente Bixby, do Galaxy S8. Basicamente, a ferramenta será capaz de identificar os elementos de uma foto e, de forma bem rápida, prover respostas baseadas no que foi capturado.

Quer um exemplo? Bom, digamos que você queira salvar o número de determinada pessoa aos seus contatos. Com o novo recurso, basta tirar uma foto do nome e do número daquela pessoa, como num cartão de visitas, ele irá sugerir que o número e o nome façam parte da sua agenda. Legal né?

Também em português — A big-G prometeu que até o terceiro trimestre deste ano ano, algo por volta de agosto ou setembro, o Assistant falará quatro novas línguas: francês, alemão, japonês e inclusive o português do Brasil.

No iPhone — O Assistant chegou ao iPhone num anúncio inesperado por muita gente. Segundo a Google, o software para iOS conta com os mesmos recursos disponíveis no Android, entretanto, apenas usuários dos Estados Unidos poderão testar a novidade, por enquanto.

Google Home

Google Home

O aparelho não tem previsão para chegar ao Brasil

O Google Home não foi um destaque da apresentação, mas também ganhou novos recursos: a partir das próximas semanas, o gadget será capaz de fazer ligações sem qualquer configuração prévia. É tão simples quanto parece, você chama pelo assistente, diz para quem você deseja ligar e voilá: a ligação será efetuada gratuitamente.

Ligações inteligentes — Para efetuar essas chamadas, tudo que o dispositivo vai pedir é o número a ser discado. Na hora de te identificar, ele utilizará um número restrito — algo facilmente resolvível com poucos ajustes.

Visual responses — O Google Home não tem uma tela, o que torna impossível visualizar os resultados obtidos pelo gadget. Na intenção de resolver este problema, a Google lançará uma atualização para o Android TV e para o Chromecast, permitindo que os conteúdos mostrados pelo Home sejam vistos nas telas das TVs.

Fotos mais inteligentes

Google Photos

O Google Fotos também ficou mais inteligente: agora, além de agrupar as suas imagens com base nos rostos e cenários que elas exibem, o software será capaz de indicar as fotos que você deve compartilhar. Para isso, diversos algoritmos identificam e catalogam as imagens capturadas, sugerindo que fotos tiradas com determinado amigo, por exemplo, sejam enviadas para ele no fim do dia.

Shared Libaries — O novo recurso, que é uma adição à função anterior, permite que você compartilhe, em tempo real, álbuns inteiros com amigos e familiares pré-definidos. No final das contas, tudo será bem parecido com uma pasta compartilhada — sempre que alguém fizer novas capturas, todos com acesso ao álbum poderão conferir as imagens imediatamente.

Photo Books

Google Lens — Além de estar disponível no assistente da empresa, o Google Lens fará parte de um leque de opções presentes no novo Google Photos: dentro do aplicativo, ele vai funcionar da mesma forma como antes, só que, dessa vez, analisando as imagens já salvas no dispositivo.

Photo Books — Também dentro do Google Photos, a opção permitirá que você, estando ou vivendo nos EUA, encomende um álbum físico das melhores imagens guardadas no seu smartphone. Como tudo presente no software, a seleção das fotos mais bonitas e de maior qualidade se dará por diversos algoritmos, porém, o usuário fica livre para intervir no processo, escolhendo suas fotos preferidas e o estilo do álbum como um todo.

Android O

Google - Android

O Android atingiu a marca de 2 bilhões de dispositivos ativos

A versão beta do Android O Developer Preview foi anunciada com diversas adições ao lançamento anterior. Agora, além de estar mais polida e mais estável, a nova versão de testes já conta com os Notification Dots, os vídeos Picture-in-Picture e ficou mais inteligente na hora de selecionar textos — nada disso é realmente novo, mas traz alguns recursos já aguardados no Android há algum tempo.

Picture-in-Picture — O recurso permitirá que vídeos sejam assistidos em pequenas janelas flutuantes exibidas no canto da tela. Com isso, o usuário que quiser ver algo no YouTube, por exemplo, poderá fazer isso sem ter de largar o Whatsapp ou Facebook. Bacana não é?

Notification Dots — Funcionam como contadores de notificações. Sempre que um app exibir um novo aviso, um círculo aparecerá no canto de seu ícone indicando a existência de notificações não lidas — este recurso é famoso no iOS e divide opiniões entre os seus usuários.

Seleção inteligente — O Android vai identificar os termos selecionados num texto e tentar prover ações mais inteligentes, além dos típicos Recortar, Copiar e Colar. A intenção é que quando o usuário selecionar determinada palavra, endereço, nome ou telefone, o SO saiba de que informação se trata e indique o melhor uso para o trecho desejado.

Google Play Protect

Google Play Protect — A principal função do Play Protect será verificar a presença de malwares e condutas invasivas dentro de aplicativos. Ele já existia como um recurso do aplicativo Play Services, também da suite Google, porém, no Android O, ele será uma ferramenta separada e funcionará como uma espécie de antivírus nativo do sistema.

Texto em construção…

O post Google I/O 2017: confira tudo o que foi apresentado até agora apareceu primeiro em Showmetech, escrito por Fernando Telles.

via WordPress http://ift.tt/2qu6trU