meu

quem sou eu pra sair na rua do jeito eu quiser??
a pergunta é quem é você pra vir querendo me dizer o que eu posso ou não fazer
a rua é minha igual é sua
e o corpo é meu e ponto
eu sou meu 
e ponto
não pulo uma linha
esqueço o parágrafo
só vou em frente
você fita métrica me mede inteiro
não deixa um pedaço
você fita métrica é a própria justiça com teu olhar de lado me julgando
é a própria justiça com tua boca de lado me reprovando
botando meu eu na balança com teu olho ódio desdém 
botando meu eu na balança com tua língua discurso nojento 
pesando meu eu com seu cérebro fedendo
fedendo à normatização
acende um incenso aí miga
entre nós não há equilíbrio não
meu peso é bem mais pesado que o teu
teu desdém preconceito ódio ignorância
eles pesam em mim
então pode botar tudo isso na balança 
que eu ganho
nesse mundo terrível eu vivo de esperança
porque pode doer quanto for eu sou forte
pode acusar do que for eu aguento
minha pena é ser leve
é ser eu desfilando por entre seus julgamentos
é ser eu desviando de seus ódios vazios 
eu dobrando as mangas da minha blusa
eu dobrando as barras das minhas calças
eu cortando e encurtando os meus shorts
é ser meu cabelo pintado 
é ser minhas unhas pintadas 
é ser minhas meias cheias de cores
é eu ser meu mundo com mais cores
quero o nosso mundo com mais cores
quebro seu concreto com minhas flores
planto abstratos meus amores
pois ninguém aqui quer ser igual a você não
meu orgulho está na minha diferença 
ninguém aqui quer seus valores fundamentais não
a família tradicional me destruiu na infância
ninguém aqui quer ser confundido com seu tipo não
de seus padrões machistas quero distância
e diz 
pra quem quiser ouvir
nem vem me medir
que suas réguas não me cabem
suas regras não me servem
suas trenas não me alcançam
em suas fitas eu me enrolo
me enlaço
me enfeito
sou presente
e me entrego a viver sem os teus atrasos
eu vou
e por aí me espalho
me escorro
me transbordo
me lambuzo 
sem medidas tuas
quem é você pra medir minha vida???

One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.