Por hoje

Eu só queria ter alguém

A quem pudesse deitar no colo

A quem pudesse derramar meu pranto

E dizer que eu não sou de pedra

E dizer que o amanhã me assusta

E assumir que possuo medos

É que eu cansei um pouco de ser sozinha

É que eu cansei um pouco de não ter ninguém

É que eu cansei um pouco de ter que carregar tudo

É que, às vezes, eu tenho crises.

Mas juro que é só por hoje, tá?