O Poder Da Inércia
Iogo Chirola
637

Tive sumido do Medium esses dias, mas voltei aqui só pra ler umas pessoas que mandam muito bem ao escrever, você foi a primeira delas. Cara, eu queria tatuar esse texto na testa, ele expressa o que eu nunca fui capaz de botar em palavras para as pessoas que me perguntam o motivo de parecer sempre meio perdido na vida. Naquele momento, eu estou em toda parte, mas ao mesmo tempo não sinto que pertenço a lugar nenhum nesse mundo…”; e mesmo que eu me distraia, mude rumo, tente agir e pensar de maneira diferente, acabo sempre voltando a querer ser uma pedra ou uma arvore, procurando um lugar ou um rumo para outro lugar. Sentir as vezes é difícil demais…

Like what you read? Give Fabrício Martins a round of applause.

From a quick cheer to a standing ovation, clap to show how much you enjoyed this story.