Top 20 Álbuns mais esperados do Rap Nacional em 2017

Já dizia o poeta — no topo — Baco Exu do Blues, “2017 é o ano lírico, cês tão fodidos”. Esse ano tem tudo pra ser um dos melhores do Rap Nacional em vários aspectos. Fiz essa lista a algum tempo, e só em Maio estou postando. Mesmo estando quase na metade do ano, apenas dois dos 20 da minha lista foram lançados até agora, portanto vou mantê-los na lista.

Lembrando que é a lista dos álbuns mais esperados por mim, na lista estarão artistas que anunciaram, de alguma maneira, que iriam lançar álbum novo neste ano. Se eu esquecer de algum, botem nos comentários o que vocês sentiram falta.

20. Cartel Mc’s

Passando por reformulação em sua composição, o grupo carioca não é o meu preferido da cena, mas anunciaram um dos mc’s que mais gosto atualmente, o Xamã. A saída de Funkero e Delarima fez com que o Cartel agora conte com Ber, Erik e Xamã. O nome do álbum será ‘Bastardos Inglórios’ e possivelmente será lançado em Junho com 16 faixas. Estou curioso pra ver como o Xamã vai encaixar no grupo, que já tá na caminhada há 10 anos.

19. La Viela

Outro grupo, dessa vez Paulista. O La Viela tem um dos melhores beatmakers do Brasil, Pedro Lotto. No mínimo os beats desse álbum devem atrair você. Outra coisa que me atrai são os mc’s, acho Ga e VH — o que mais gosto — dois caras bem diferentes e que se complementam. Eles lançaram alguns trampos pra movimentar o canal e prometeram ‘Arsenal’ pra esse ano, sem informar datas. Falaram que vai vir com várias participações (inclusive internacionais) e hits.

18. Eloy Polemico

Eloy Polemico, aquele cara que apareceu no Rap Box uma vez (duas, na verdade). Pouco se ouve falar em Eloy, mas é só procurar que acha outros trampos dele. Estou ansioso pois acho esse cara muito original e incrivelmente capaz, visto que ele produz a maioria de seus beats (não sei se são todos). O CD dele possivelmente sai nesse mês de Maio.

17. Projota

Sendo sincero, eu não sou um grande fã do Projota, mas sei da sua importância na cena. Muito criticado ultimamente, os trampos mais antigos dele me atraem mais. #AMADMOL é o novo projeto dele, e vem com participações de peso: Mano Brown, Rashid, Haikaiss… Estou curioso pra esse trampo.

16. Menestrel

O garoto de Brasília de 17 anos, Menestrel é uma das minhas apostas pra ser revelação na cena. Muito maduro nas letras para a idade que tem, o estilo mais melódico dele me agrada muito. ‘Relicário’ é o nome do álbum de estréia dele e será lançado na próxima segunda-feira, dia 15 de maio. Contará com participações de Diomedes Chinaski, Sant, Sampa UBR.

16. Cone Crew Diretoria

Se hoje estivéssemos em 2012/2013 talvez a Cone estivesse algumas posições mais à frente na lista. O tempo foi passando e eu fui gostando cada vez menos do som deles. Sei, porém, que se tem algo que esses caras sabem fazer, é produzir hit. Papatinho é um dos melhores produtores da cena e os mc’s não ficam devendo também. ‘Bonde da Madrugada parte 2’ é o nome do novo álbum deles e terá participações do Mr. Catra, Luccas Carlos, Orochi e PK (Class A), quanto peso! Possivelmente será lançado nesse mês de Maio.

15. 3030

O trio carioca 3030 é um dos grupos mais versáteis da cena. Rod, LK e Bruno Chelles se complementam, a diversidade do conteúdo deles é algo incomum na cena. Eles lançaram um EP em Abril, mas o álbum ainda tá pra sair, ‘Alquimia’ é o título do novo projeto deles. Um trio muito qualificado que raramente decepciona.

14. Haikaiss

Sim, eu sei que já foi lançado. Haikaiss é um dos grupos que produz material de primeira qualidade no Rap Nacional, apesar de esperar mais deles, o ‘Teto Baixo’ não foi um álbum ruim.

13. Costa Gold

Nog e Predella são bons, queira você ou não. Talvez o conteúdo abordado por eles nas músicas não seja o meu preferido, mas que eles sabem fazer, eles sabem. Costa Gold prometeu muita coisa pra esse ano, inclusive um álbum novo. As produções do grupo só avançam a cada lançamento, e estou bem curioso pra o próximo álbum deles, que não tem data certa ainda.

12. Baco Exu do Blues

O rapper baiano, o cara de Sulicídio, Baco prometeu um álbum pra o final desse ano. O flow diferenciado, misturado com aquele sotaque, tornam-o um dos meus mc’s favoritos. Baco publicou em redes sociais que seu álbum terá duas partes, 9 faixas solo e outras 9 com participações.

11. Primeiramente

Primeiramente é o tipo de grupo que eu não consigo escolher qual dos 3 eu prefiro. Acho os 3 mc’s muito fodas, e nada menos que um álbum foda é o que eu espero deles esse ano. Não deram datas, mas falaram que esse ano sai. Raillow, Leal e Gali compõem um trio muito equilibrado.

10. Diomedes Chinaski

O pernambucano Diomedes Chinaski já divulgou o nome do seu próximo projeto, ‘Iluminuras’, porém, ainda não tem data de lançamento. Chinaski sempre divulga bastante no que anda trabalhando em suas redes sociais, e prometeu um EP com Dj Caíque também pra esse ano.

9. Don L

‘RPA Vol. 3’ é o novo trabalho do Don L, artista polivalente que ficou meio sumido algum tempo. O trampo dele vai além do Rap, Don L é um artista que sabe o que faz. Um trabalho conceitual deve vir por aí e estou muito ansioso.

8. Froid

O brasiliense Froid, ex UBR, prometeu o seu álbum de estreia para esse ano. O flow único e letras diferenciadas dele com certeza estarão presentes no ‘Pior Disco do Ano’, que contará com participações de BK’, Makalister, Luccas Carlos. Um dos caras que mais admiro na cena, Froid deve chegar pesado no seu CD.

7. Djonga

Mesmo já tendo sido lançado, decidi manter Djonga nessa lista. Sem dúvida nenhuma era um dos trabalhos que mais esperava nesse ano. E não decepcionou, não esperava menos do mineiro com seu álbum de estréia. Talvez ele seja meu mc favorito, acho que ele só tem a crescer na cena. ‘Heresia’ com certeza já concorre pra ser o melhor do ano.

6. Rincon Sapiência

O manicongo, também conhecido como Rincon Sapiência, prometeu um álbum pra esse ano. Sem datas, ele falou que trouxe muitos elementos culturais brasileiros e africanos pra seu disco. Um dos mc’s mais originais da cena, Rincon tem capacidade de sobra pra destruir tudo com esse álbum novo. Um dos que mais espero, com toda certeza.

5. Coruja Bc1

Coruja Bc1 é um cara que deu uma sumida na cena, e deu as caras novamente no ano passado. Segundo ele, foi estudar aquilo que ele gostava de fazer, o rap. Prometeu um álbum “foda”, avançado demais para 2017, segundo ele mesmo. O hype criado por ele em seus últimos trabalhos me fez ficar muito ansioso, e espero que um clássico do rap nacional esteja saindo do forno. ‘NDDN’ é o novo projeto dele, conta com produções (não sei se são todas) do Skeeter Beats, e Coruja deixou escapar que terá participação do Mc Menor do Chapa. A banca do Emicida, Laboratório Fantasma vem auxiliando nesse projeto também.

4. Marechal

Será? Mc Marechal é um cara diferenciado, com muita personalidade. O cd dele vem sendo prometido há mais ou menos uma década, e até agora nada. Ele falou que esse ano sai, um clássico é o mínimo que eu espero. Nas redes sociais, ele deu a enteder que lançaria dois discos esse ano. Será?

3. Além da Loucura

ADL, os caras do Favela Vive, sim. Em entrevista ao Rap Box, os cariocas prometeram um álbum para esse ano, e são minha aposta pra melhor CD do ano. DK e Lord se encaixam naquilo que falei sobre o Primeiramente, não sei qual dos dois acho mais foda. É o tipo de grupo que, desde que conheci, não decepcionou ainda. Índio é diferenciado nas produções. Só avanço; Meu grupo favorito da cena atual.

2. Marcelo D2

Monstro sagrado do Rap Nacional, Marcelo D2 prometeu um álbum para esse ano, o seu 10º. Espero mais um clássico desse cara foda. Já tem um clipe de um single divulgado, “Resistência Cultural” part. Hélio Bentes, que já gostei muito. D2 deve chegar diferenciado como sempre.

  1. Racionais Mc’s

O lendário grupo do rap brasileiro. Mano Brown confirmou ao Falatuzetrê que esse ano sai álbum novo. Mesmo que seja um álbum curto, qualquer trampo desses caras merece top 1 em qualquer lista de rap nacional.

Show your support

Clapping shows how much you appreciated SINDROM3’s story.