Insónias

Criaturas subterradas nas ruínas do nosso ser;
Não passamos de falsos humanos,
limitados a sofrer.
Talvez, um dia, saibamos o que é respirar;
Amar;
Chorar;
Gritar;
Por agora, deixamo-nos ser corrompidos pela falta
Pela necessidade de algo que não nos alcança.
Somos bonecos inanimados durante a noite
Forçados a ficar acordados,
Levados a acreditar que somos intemporais
Somos sugados pelo Mal, que jaz em outros seres
Como nós:
Seres desalmados;
Desamparados;
Destruídos.

Show your support

Clapping shows how much you appreciated Luna’s story.