Caminhos da Reforma Trabalhista no Congresso Nacional

Tem ouvido falar da reforma trabalhista? Não? Pois saiba que ela está seguindo seu curso no Senado

A quantidade de escândalos, delações, pedidos de cassação, processos, cortes de verbas e novas denúncias é tão grande que a gente se perde e esquece de alguns assuntos importantes, que podem afetar profundamente a nossa vida

Pois este é o caso da reforma trabalhista. Ela anda meio fora do noticiário, mas não pense que as coisas estão paradas no Congresso.

Depois de ter sido aprovado na Câmara, no dia 27 de abril, o projeto, que altera cerca de 100 artigos da Consolidação das Leis do Trabalho (CLT), seguiu para o Senado, onde foi aprovado, no dia 6 de junho, pela Comissão de Assuntos Econômicos (CAE).

No dia 20 de junho, o texto da reforma trabalhista foi rejeitado na Comissão de Assuntos Sociais (CAS), mas isso não impediu que a proposta continue seu curso, seguindo para a Comissão de Constituição e Justiça (CCJ). A previsão é que ela seja votada nessa comissão até 28 de junho.

Se passar na CCJ, o texto estará pronto para ser analisado pelo plenário do Senado. O governo quer que a votação aconteça até o começo de julho, enquanto a oposição quer deixar para o segundo semestre, depois do recesso.