Problemas nos dentes da gestante por causa da gravidez

Imagem: https://static.pexels.com/

A gestação, ou melhor, o bebê tira elementos dos dentes da mãe para benefício próprio?

É normal a gestante ter problemas nos dentes por causa da gestação?

É normal a gestante sentir dor nos dentes provocada por cárie que surge durante a gestação?

Muito se fala sobre esse assunto, realmente há afirmações e aceitação…a maioria diz:

É, isso realmente aconteceu comigo, com minha amiga, com minha vizinha…

Mas, vamos aos fatos!

A gestação é um período em que as mulheres sofrem alterações hormonais, emocionais, mudam seus hábitos, recebem chuvas de informações de outras pessoas, da mídia, de outras gestantes, de ex-gestantes (segundo a crença essas últimas detêm a verdade, pois já passaram pela experiência). E o que acontece em seguida é que ela constata que realmente é ISSO o que acontece, que ela está fadada a nunca mais se recuperar, está num caminho sem volta, e que muitos prejuízos virão…(ela até se conforma!).

Existe até uma crença popular que diz:

“Para cada filho nascido, um dente perdido”.

Pé no freio…A VIDA É BELA!

Esse momento é cheio de graça e de magia, bem diferente do que se ouve falar quanto aos estragos em sua boca e seus dentes em detrimento dos dentes do bebê. Esse momento deve ser encarado como privilegiado, cheio de bons resultados, cheio de emoções…muito choro solto…e um FINAL FELIZ!

O bebê nunca faria mal, nem traria desconforto ou causaria danos à sua mãe!

Toda necessidade para sua formação vem, sim, de sua mãe, mas a natureza é sábia! Essa reserva existe para o“pequeno”sem que ele precise roubar ou provocar algum prejuízo ao ser que o gera.

O que acontece então que algumas mães relatam em função de seus dentes nesse período?

É simples! A gestante muitas vezes entra no processo de gestar com algum problema dentário pré-existente, o qual acaba eclodindo durante a gestação. Afinal são 9 meses, 40 semanas ou 280 dias, tempo suficiente para acontecer muita coisa. Dessa maneira ela acaba acreditando que algo foi tirado dela e passado para o bebê, como o cálcio do seu dente por exemplo.

Isso nunca acontece!!!

Outra provável causa é que a gestante muda seu paladar e também muda seu hábito alimentar, preferindo alimentos mais ácidos, ora mais doces, e de maneira fracionada, come a todo momento, “belisca” porque assim lhe cai melhor…compreensível.

Mas algo se complica aí, pois não consegue fazer uma boa higienização bucal (fio dental e escova dental) tão amiúde. E tem o agravante das náuseas (que aparecem só de olhar a escova dental), e mesmo dos vômitos (ácidos).

A partir do momento em que ela passa a comer de forma arbitrária, com problema dental pré-existente, fazendo uso de alimentos mais , higienizando menos…é fatal.

Dessa maneira a conta não fecha!


Confira aqui nosso último post: “Pré-natal odontológico e cuidados com o neonato”