A triste geração que está sendo convencida de que não sabe amar
Laura Pires
1.4K59

Termino com esse a sequência de três textos. Houve uma identificação com o contexto que vivo, dos amores e medos que alimentos e da vontade de continuar. Com a leitura dos seus textos, senti que alguém enfim compreende um pouco mais afundo a complexidade das relações afetivas. Obrigado.

One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.