ESPETÁCULOS IMERSIVOS < Técnica de Comunicação no Teatro >

O Teatro. A Magia. A Intensidade. A Envolvência. A Interatividade. O Espetáculo Imersivo.

**************************************************************

Muitas são as formas de integrar e envolver profundamente a audiência numa narrativa teatral, diluindo a ficção e a realidade. Eis alguns exemplos de companhias de teatro que aplicam de modo exímio este conceito imersivo nas suas performances:

|| Punchdrunk (Reino Unido, Boston, Nova Iorque) || Esta companhia readaptou a famosa peça Macbeth de modo nunca antes vivenciado. Uma vez chegados ao espaço onde decorria o espetáculo, os espectadores eram convidados pelos atores a colocarem máscaras brancas no rosto e por eles guiados de seguida. Conduzido pelo elenco através de 6 pisos e mais de 100 salas, todas elas com dinâmicas e cenários diferentes, o público ia integrando a história de modo ativo e emocionante.

|| Dream Think Speak (Reino Unido, Japão, Coreia do Sul, Moscovo, Austrália, Holanda) || Para a concretização dos seus espetáculos, a Dream Think Speak recorre à utilização do fator humano (os atores), aliando o mesmo a instalações de arte e a tecnologia audio-visual. O resultado é o de uma elevada interatividade entre todos os envolvidos na peça (desde o público ao elenco).

|| Fruit of the Apocalipse (Londres, Reino Unido) || Esta companhia investe num conceito teatral altamente original, capaz de originar uma cadeia de ações inesperadas. Fruit of the Apocalipse é conhecida por The Surrealist Taxi, uma performance que se encontra disponível a qualquer momento do dia, em vários locais de Londres e UK, e que é ativada unicamente pelo consumidor. Apelidemo-la de “viagem teatral”. Esta aventura inicia-se assim que o público chama um determinado táxi, sendo que a duração da viagem e o local de término da mesma é determinada pela escolha de uma carta mistério que irá definir todo o roteiro do passageiro.

|| Third Rall Projects (Nova Iorque) || A simplicidade e, simultaneamente, autenticidade deste projeto, cuja performance ocorre apenas numa caravana ambulante, é notória. Nessa mesma caravana, a arte acontece. Nessa mesma caravana, o teatro e a dança ganham vida e percorrem o país. Nessa mesma caravana, a cultura é nómada e universal.

|| Speakeasy Dollhouse (Nova Iorque) || Esta é uma companhia que realiza peças de teatro nas quais o público é convidado a investigar e a resolver crimes reais, outrora cometidos. Nessas peças, o espectador é trajado com o vestuário da época na qual sucedeu o crime em questão, interagindo com as personagens já existentes na peça e intervindo, assim, no desfecho de um misterioso caso. Escusado será dizer que cada uma das performances possui a sua particularidade, uma vez que os crimes variam de exibição para exibição e que o seu decorrer está bastante dependente do público, do inesperado e da improvisação.

|| Bricolage (Pittsburgo - Pensilvânia) || A companhia de teatro Bricolage rege-se por princípios de rotina e de imprevistos, focando-se na criação de performances cujo efeito é o de conduzir o público a uma aventura urbana, integrando-os, deste modo, no ambiente citadino.

|| We Players (Califórnia) || We Players é uma companhia de teatro que, a partir da seleção de um local (interior ou exterior), (re)cria uma peça teatral no momento, em torno do espaço e da sua comunidade real. Esta companhia serve-se muito da natureza, da arquitetura, das “gentes” para originar algo memorável.

|| The New Century Folies (Cansas) || The New Century Folies tratou-se de uma peça burlesca, em cena no mítico Folly Theater, Cansas. Para esta performance, a produção decidiu que, ao invés de pedir ao público para desligar os telemóveis, como seria o habitual, convidá-los-ia a interagir com a peça através dos mesmos, graças a uma app criada para o efeito. Ao espectador ser-lhe-ia atribuído um grande poder de decisão no rumo da história. Todo o público que acedesse à app personalizada de New Century Folies poderia intervir na peça e definir o rumo da mesma, momentaneamente, através de votações. Nessas votações, o espectador teria a possibilidade de escolher as roupas que os atores iriam vestir, os adereços a usar, as canções a cantar, entre outros aspectos. The New Century Folies obteve um enorme sucesso junto da população mais jovem, muito devido ao fator dinâmico e interativo pelo qual se regia.