Um estranho em uma noite de Dia dos Namorados - Parte 2

Acabaram adormecendo na beira da praia e logo quando o dia amanheceu, Anna acordou e estava sozinha na praia, coberta pelo blazer de André, mas sozinha. 
Pensou que poderia ter bebido tanto que sonhou com tudo aquilo, mas e o blazer?

Talvez algum estranho tenha lhe emprestado no restaurante, ela pensou. De qualquer jeito, tinha que voltar para o hotel, pois ainda planejava usar a academia antes do almoço, pois à tarde tinha uma reunião de trabalho.
Vestiu o blazer por cima da roupa toda amassada e seguiu pela praia, lembrando da noite maravilhosa que tinha tido e desejando que não fosse sonho.

Chegou ao hotel e nem se deu conta que sua chave do quarto não estava em sua bolsa, ela era muito desligada às vezes. Deu bom dia à recepcionista do hotel, que lhe retribuiu com um sorriso malicioso e um tanto estranho, mas talvez fosse pelo seu visual: toda amassada e com o cabelo despenteado.

Seguiu para o quarto, e quando foi pegar a chave percebeu que não estava na bolsa… Será que perdi na praia?! 
Antes de pensar em voltar à recepção, ela girou a maçaneta da porta e estava aberta. Que estranho, não me membro de ter deixado aberta…

Quando entrou, olhou para a mesa que estava com um café da manhã farto e com lugar para duas pessoas, e antes de pensar em qualquer reação, eis que surge André vestido apenas com uma toalha na cintura…. Que visão dos Deuses!

Ele disse: Tive que convencer a recepcionista a me deixar fazer essa surpresa pra você (isso explicava o sorrisinho dela pensou Anna)
Ela olhou tudo aquilo e agradeceu por não ter sido um sonho o que aconteceu na noite passada….

Ele disse: acho que você vai querer tomar um banho antes do café…e seguiu para o banheiro, deixando-a paralisada olhando aquele homem gostoso a convidando-a para tomar um banho.
Ela tirou a roupa toda suja de areia e amassada e seguiu para o banheiro, ele já estava esperando com o chuveiro ligado, todo molhado e deliciosamente sexy!

Ela entrou debaixo do chuveiro e ele a agarrou pela cintura, olhou nos seus olhos e disse com aquela voz que envolvia e o sorriso que a fazia perder o chão: Agora sim, bom dia Ana…Ela o beijou com paixão, e desejou poder ficar nesse banho a manhã inteira….

Ele passava o sabonete no corpo de Ana, e ela arrepiava como nunca! Ele então a virou de costas, tirou o cabelo da sua nuca e deu pequenas mordiscadas que a fizeram tremer….. Puxou sua cintura para mais perto, e a penetrou com delicadeza (como ela adorava essa delicadeza sexy que ele tinha!). Ele aumentava o ritmo conforme ela gemia de prazer….

Depois a virou de frente, agarrou suas pernas envolvendo-a em seu colo e continuou a penetrá-la ainda mais forte, ela arranhava suas costas e beijava seu pescoço com tesão! Os dois se beijavam com fervor e paixão e gozaram juntos mais uma vez!

Terminaram o banho, se secaram e foram para a cama ainda de roupões… Ele então olhou para Ana e disse: quero fazer algo que ontem não deu tempo….
Ele a beijou e foi beijando seu pescoço e descendo para os seios, abriu o roupão dela e foi beijando e chupando seus seios que eram firmes e grandes, ele lambia e dava mordiscadas nas pontas que a faziam gemer bem gostoso!
Ele então foi descendo para a barriga, lambendo delicadamente cada parte do corpo de Ana, quando chegou em sua vagina, ela já estava molhada e desejando-o loucamente!

Ele envolveu suas pernas e começou a lamber aquele líquido quente, lambia o clitóris bem lentamente, e chupava aqueles lábios com tanto tesão que Anna se agarrava aos travesseiros, se contorcendo de prazer! Ele então começou a usar seus dedos para penetrá-la enquanto chupava aquela bucetinha deliciosa, que ficava cada vez mais molhada….
Ele foi penetrando-a com os dedos e acariciando seu clitóris e Anna gemia pedindo mais! Quando ela já estava para gozar, ele abriu suas pernas e lambeu todo aquele gozo quente e pode senti-la tremer de êxtase ao ter um orgasmo!

Ele então olhou em seus olhos, sorriu satisfeito em poder vê-la exausta de prazer e a beijou apaixonado!

Os dois ficaram um pouco na cama, conversando abraçados curtindo aquele momento, quando André sugeriu que tomassem o café, pois ambos estavam com muita fome!
Ela pensou: nem preciso ir a academia, isso tudo já valeu como exercício e riu consigo mesma….
Ele serviu o café a ela, e conversaram sobre o que iriam fazer naquele sábado, ela disse que tinha una reunião no almoço e que depois iria fazer algumas compras. Ele disse que tinha alguns trabalhos para terminar, e a convidou para jantar em seu apartamento. Ela ficou surpresa pelo convite, pois até então ela estava tranquila quanto a casualidade da situação….

Ele disse: eu sei cozinhar um macarrão como ninguém! E riu, dizendo-a que ficaria muito contente se tivesse sua companhia para jantar naquela noite.
Ela aceitou e combinaram de se encontrar as 20:00hrs em seu apartamento que era ali perto também.
Eles acabaram o café, ele colocou sua roupa da noite anterior e ela lembrou do blazer, foi buscar na cama e quando o vestiu em André, ele a puxou em seus braços e beijou-a devagar, olhou em seus olhos e disse: te espero à noite, sorrindo e piscando.
Já na porta ela disse se despedindo: vou levar sobremesa, espero que goste de chocolate…Ele não resistiu e voltou correndo, sussurrou em seu ouvido: vai ser um prazer degustá-lo em seu corpo e foi embora deixando-a ali morrendo de tesão!

Continua….