O dia do clique

A gente gasta muito tempo da nossa vida tentando entender nossos sentimentos. Vocês não sentem isso? Não necessariamente sentimentos e problemas unicamente nossos, mas conceitos que criamos sobre sentimentos, sobre como somos e como agimos em sociedade.

A gente lê textos sobre romantismo e romance, a gente lê e relê textos sobre autoestima, sobre patriarcado… Sobre tudo que nos toca e nos move e um pouco mais. E a gente constrói muita base dentro de nós com isso. Muita mesmo. É extremamente necessário que a gente se empodere de tudo que faz a nossa cabeça girar e nosso coração pulsar…

Mas alguém mais percebe que isso nunca é suficiente?

Não é isso, não exatamente isso, que faz o nosso coração acalmar e bater de novo no ritmo, não é isso que acalma nossa mente. Pelo contrário, muitas vezes investir pesado em leituras e reflexões sobre essas coisas só nos agonia mais.

Agonia porque, por mais que faça sentido, não nos faz sentir assim.

O que nos faz sentir assim é o dia do clique.

Os dias dos cliques nunca são anunciados. Aliás, muitas vezes, eles acontecem no momento que menos esperamos. Você está lá, vivendo sua vida, tentando fazer tudo da melhor forma possível… E clique. Aquele conceito sobre o qual tu leu mil vezes faz sentido.

Assim.

Clique.

Entendi.

O trabalho de base — a leitura, o empoderamento de idéias e de si… — é essencial pra que a gente comece a internalizar algumas coisas. Mas de nada adianta se cobrir disso e não se permitir viver o clique também. A gente tem que estar muito presentes na vida pra permitir ele acontecer, só com atenção nos detalhes e na nossa intuição é que ele vem.

A gente tá aqui num eterno trabalho de melhorar como pessoas — melhorar dentro do que entendemos ser melhor pra nós, não do que a sociedade espera da gente — e quanto mais cliques a gente tiver, mais perto a gente chega disso: de se sentir dando tudo de si (pra si e pros outros e pro mundo).

Parece loucura pensar que acordei uma e vou dormir outra, mas acho que os dias de cliques são assim: te sugam de energia pra gerar em dobro e reverberar ela pra quem tá ao redor de ti.

Hoje foi um dia desses pra mim.