Talvez
Talvez a distância ajude
Talvez nunca ajude
Talvez você seja feliz ao meu lado
Talvez eu não vá ser essa pessoa
Talvez a gente troque carícias
Talvez nunca chegaremos perto
Talvez a gente se conheça
Talvez a gente se beije
Talvez a gente se abrace
Talvez tudo seja para sempre ilusão
Talvez tudo seja realmente impossível
Talvez eu ame você
Talvez seja apenas afeto
Talvez eu queira você
Talvez eu queira proteger você
Talvez eu queira você perto de mim
Talvez eu sinta sua falta 
Talvez você me ache exagerada

Na verdade
Nada de talvez
Eu sinto a sua falta
Mesmo com poucos dias de ausência
Você é aquele alucinógeno
Deixa-me vidrada
Você é a ecstasy da minha vida
Provei da sua droga uma vez
Não foi o suficiente 
Provei outra e estou drogada
Sempre nas ilusões que crio
Talvez eu esteja apaixonada por você

Show your support

Clapping shows how much you appreciated Lorena Medeiros’s story.