Projeto Educação livre lança campanha para produção de conteúdo

O projeto Educação Livre lançou campanha para produção colaborativa de conteúdos educacionais. O objetivo é compor seu portfólio com materiais feitos numa linguagem simples e fácil, dirigida ao jovens de 16 a 29 anos.

O primeiro desafio EduLivre é explicar o conceito de metro quadrado. A proposta está nas redes sociais do projeto.

A criação de conteúdo colaborativo começou em maio, em Pernambuco, com a realização da Maratona Educação Livre. No evento, os alunos fizeram propostas para três aulas, que estão em produção, com a equipe EduLivre, em Recife.

Até o final de julho, estão previstos mais dois desafios, um em língua portuguesa e outro em habilidades para a vida.

O Projeto Educação Livre — Aprendizagem Digital para Inclusão no Mundo do Trabalho (EduLivre)- é uma parceria entre o Sistema Indústria, UNESCO e o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID). Seu objetivo é a inserção de jovens de 16 a 29 anos no mercado de trabalho.

Para isso, o EduLivre vai promover o desenvolvimento de competências básicas em língua portuguesa e matemática e de habilidades para a vida, por meio de um processo educativo diferenciado. A proposta é usar as novas tecnologias educacionais, aliadas a linguagem descontraída e simples, característica dos jovens dessa faixa etária.


Like what you read? Give Educação Livre a round of applause.

From a quick cheer to a standing ovation, clap to show how much you enjoyed this story.